Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Medida preventiva

TJ-PR suspende prazos por conta de protestos

Devido aos protestos que também ocorrem em Curitiba, o Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu o expediente no âmbito das unidades judiciais a partir das 17h desta quinta-feira (20/6) até as 17h de sexta-feira (21/6), prorrogando-se os prazos processuais para os dias úteis subsequentes.

A medida vale para o Palácio da Justiça e seu prédio anexo (edifício Essenfelder, da Rua Mauá), Tribunal do Júri, sedes da Avenida da Cândido de Abreu (Fórum Cível e unidades administrativas da Secretaria do Tribunal), sede da Rua Mateus Leme, Sedes da Rua Lysimaco Ferreira da Costa (Departamento do Patrimônio e IPMC-Varas da Fazenda Pública, Sede da Rua Ivo Leão (Departamento de Engenharia e Arquitetura) e Sede da Rua da Glória (Varas de Família).

O plantão judiciário funcionará normalmente a partir das 17h nos dias em que houver a suspensão do expediente. A medida deve-se às manifestações públicas que acontecem no Centro Cívico da capital paranaense. O objetivo é manutenção da ordem, da integridade do patrimônio público, assim como, a dificuldade de acesso às vias públicas no decorrer dos protestos. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-PR.

Revista Consultor Jurídico, 20 de junho de 2013, 21h03

Comentários de leitores

1 comentário

Oba!

Gilberto Serodio Silva (Bacharel - Civil)

É viva a prescrição e decadência!
Assinado, os réus.

Comentários encerrados em 28/06/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.