Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

decisão absurda

daniel (Outros - Administrativa)

em breve vão anular sentença porque o juiz espirrou em audiência.
neste país apenas bandido tem direitos.
o povo precisa sair às ruas para protestar com decisões judiciais que beneficiam apenas bandidos.

Garotos?

Edmundo (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

PINTAR. Acredito que os integrantes da 5a. Camara do TJRS, não são recém saídos dos bancos acadêmicos, ou o comentário não foi para eles?

Anular a condenação???

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

Se a irregularidade vista pelo tribunal é de ordem administrativa e não processual, será que não seria mais racional chamar a atenção do juízo (ou deixar o réu na sala de estar, com ar-condicionado, com alguma guria, filha de alguns deles)?
É por essas e outras que o pais se encontra nessa situação - serviços públicos de baixa qualidade - e quando funciona, funciona mal.
Falar nisso, após a saida da min. Calmon, alguem sabe onde está funcionando o CNJ?

Ineficiência e falta de preparo técnico

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A reportagem mostra mais uma vez um tema que é ainda tabu no meio jurídico nacional: a ineficiência e a baixa qualidade técnica dos magistrados. Pelo que se vê dos gritos das ruas, o povo brasileiro parece que finalmente entendeu que o serviço público brasileiro é ineficiente e de baixa qualidade, muito embora um dos mais bem remunerados do mundo. Vamos ver quando o povo vai perceber que não se pode mais permitir que aquela linda mocinha, ou o simpático "carinha", de 25 anos de idade, que memorizou toda a matéria do concurso público e ostentou o perfil psicológico que as cúpulas dos tribunais querem, não serve para ser juiz porque não possui a vivência e maturidade necessária para o exercício da nobre função. Enquanto o povo não encontrar esse caminho, continuaremos a ver decisões como essa, que custam caro ao contribuinte e contribuem decisivamente para a insustentável impunidade.

Triste

RAFAEL ADV (Procurador do Município)

é muito triste ler uma notícia destas...
Cade a turminha que se diz contra a Impunidade ???
Porque não fazem a mesma pressão por leis mais rígidas...
Então, no Brasil pode estuprar um menor de idade e não pode ser algemado, pois isso é muito humilhante para o coitadinho do estuprador...
Infelizmente a impunidade só vai acabar quando houver punição para quem comete crimes hediondos e ou violentos.
Abraço

Comentar

Comentários encerrados em 26/06/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.