Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tremores no prédio

Justiça interdita andar da prefeitura de Santo André

A juíza auxiliar da 2ª Vara da Fazenda Pública de Santo André, Patrícia Pires, determinou a interdição do 15° andar da sede da prefeitura do município. No pavimento funcionam o gabinete da Secretaria de Assuntos Jurídicos e as procuradorias geral, fiscal, judicial e patrimonial. A decisão foi dada em Ação Civil Pública interposta pelo Ministério Público. As informações são do jornal Diário do Grande ABC.

A juíza justificou a intervenção com base em laudo da empresa Falcão Bauer, contratada pela prefeitura para avaliar a estrutura do edifício. No segundo semestre do ano passado, houve registro de tremores no prédio. Agora o espaço deverá ser desocupado até o dia 31 de julho. A prefeitura estuda recorrer ao Tribunal de Justiça de São Paulo, pois diz que o laudo não recomenda a desocupção do andar.

O prédio está isolado devido ao risco de queda de parte do revestimento cerâmico da fachada. A sentença judicial diz que o prefeito Carlos Grana (PT) pode ser responsabilizado criminalmente caso aconteça algo com algum servidor ou pedestre que passe pelo local.

Revista Consultor Jurídico, 25 de julho de 2013, 17h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/08/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.