Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direitos humanos

Advogado de ativista chinês é preso ao visitar cliente

O advogado chinês Liu Weiguo, que defende o também advogado e ativista contra a corrupção Xu Zhiyong, foi preso pela Polícia daquele país nesta sexta-feira (19/7), enquanto visitava seu cliente no Centro de Detenção nº 3 de Pequim, segundo a organização Human Rights, que tem sede nos Estados Unidos. As informações são do portal Terra.

Após pedir a liberação de ativistas anticorrupção que foram presos em abril na cidade de Jiangxi e de chineses que foram detidos após pedir mais transparência no controle do patrimônio dos funcionários do governo, Xu foi preso no início da semana por “reunião para perturbar a ordem pública” e, segundo a organização, essa foi a mesma alegação dos oficiais para prender Weiguo.

Alguns ativistas de direitos humanos informaram no Twitter que ele teria ouvido que era pouco qualificado para defender o colega de profissão. No ano passado, Li Weiguo assinou carta conjunta com mais nove advogados em que criticava os campos de reeducação pelo trabalho mantidos pelo governo chinês e pedia mudanças em tais locais.

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2013, 15h26

Comentários de leitores

1 comentário

Caminho a ser seguido

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Se a China seguir por esse caminho logo vai estar igual ao Brasil.

Comentários encerrados em 27/07/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.