Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reforma política

Dilma consulta TSE sobre execução de plebiscito

Por 

A presidente da República, Dilma Rousseff, encaminhou ofício nesta segunda-feira (1º/7) à presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Cármen Lúcia, no qual pergunta sobre os prazos necessários para que seja feito um plebiscito no país. O ofício foi entregue pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, antes da sessão de encerramento do semestre judiciário.

No ofício, a presidente da República informa que pretende "sugerir ao Congresso Nacional a realização de plebiscito sobre reforma política". Por isso, pergunta "sobre o tempo mínimo, bem como os procedimentos necessários para a operacionalização e racionalização da referida consulta popular".

A ministra informou que se reunirá nesta terça (2/7) com os presidentes dos 27 tribunais regionais eleitorais e com os órgãos técnicos da Justiça Eleitoral para responder à presidente da República. "É certo que a Justiça Eleitoral está pronta e preparada sempre a cumprir o que a Constituição determina, que é a consulta popular, mas o TSE tem os seus procedimentos, sistemas e prazos necessários", disse Cármen Lúcia.

O ministro Gilmar Mendes criticou a consulta feita pela Presidência. Segundo ele, o Poder Executivo não tem competência nessa matéria, que é do Congresso Nacional. "As propostas estão mal organizadas sob essa perspectiva. É preciso que o próprio Congresso solicite ao tribunal, e não a presidente da República. É preciso que as coisas sejam orientadas pela pauta da legalidade. É bom consultar os manuais existentes", disse, em referência à Constituição.

 é editor da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 1 de julho de 2013, 15h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/07/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.