Consultor Jurídico

Artigos

Queda e ascensão

Há 80 anos, Hitler chegava ao poder no Reich alemão

Comentários de leitores

5 comentários

Mig77

JA Advogado (Advogado Autônomo)

O leitor Mig77 demonstra ser belicoso tal qual um certo país do oriente médio. Visão curta. Se fosse governante de qualquer país certamente logo arranjaria alguma guerra para se distrair, tal como Hitler e Bush. Mig, até onde sabemos, não passa de uma aeronave velha e enferrujada da extinta URSS. Vade retro !

Responder

A Alemanha hoje conquistou as europa sem guerra.

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Tal qual a Fenix que nasce das cinzas a alemanha hoje domina a economia europeia e todos dependem dela.
Venceu a guerra com competencia, sem dar um tiro.

Responder

O Holocausto está vivo...

Mig77 (Publicitário)

O bravo povo judeu deveria cobrar dos algozes certos.A Palestina não fez mal aos judeus.O povo alemão, omisso, mas ciente, sim.Deixem em paz o Estado Palestino.Rumem para Berlin!Lá esteve o mal !!!

Responder

E quando a "danação" não serve de exemplo?

Dyego Phablo dos Santos Porto (Estagiário)

Quando menino, era muito danado. Malino. Com o tempo, no entanto, fui aprendendo com os erros do passado. E o passado serve para isso: servir de exemplo. Só que o passado só serve de exemplo para quem o compreende e para quem não o veja com os olhos do passado, mas sim com os olhos do novo. Assim é que fui vendo o quanto que estava errado, sem, no entanto, saber. Esse "estar-errado", para utilizar uma palavra que Heidegger utilizava, só vem "como" errado, no entanto, "depois de acontecido". Sim, somente depois de acontecido é que compreendemos um fenômeno. Cheguei onde queria chegar. A Alemanha, ao que parece, aprendeu com sua história. Aprendeu com o(s) seu(s) erro. Hoje, depois de tudo o que passou, é um dos países mais desenvolvidos do mundo. Um povo que respeita suas leis. No Brasil, embora o passado também seja "rico" em exemplos, não conseguimos captá-lo para poder fazer uma espécie de "antropofagia" histórico-cultural. Da nossa própria história. O "retrovisor" tem que servir para alguma coisa. Retro (atrás) mais visor (visão) quer significar "olhar-para-trás". E esse olhar-para-trás além de ter a necessidade de ser visto pelo olhar do novo, obviamente, tem que propiciar uma prospecção, um olhar para o futuro. Esse momento ruptural no Brasil foi o surgimento da Constituição de 5.10.1988. E a ditadura, e todos os outros fatos, dos quais o Brasil é farto (!), teria que servir para alguma coisa... só que... bom, deixa para lá!

Responder

Erros e acertos

JA Advogado (Advogado Autônomo)

Muito bom o comentário do prof. Barroso. Mas nunca é demais lembrar que a II Guerra foi apenas o resultado da opressão exercida pelos vitoriosos da I Guerra sobre o povo alemão. Feriram os brios daquele bravo e lutador povo germânico, humilhando-o, criando o clima perfeito para o surgimento de um líder maluco como Hitler. Tudo isso, é verdade, acabou contribuindo para o fortalecimento do Direito, ou dos direitos fundamentais. Mas está na hora de parar com os intermináveis pedidos indenizatórios contra a Alemanha. O que fizeram com a população civil de Dresden também comportaria pesadas indenizações, e no entanto isso jamais foi cogitado pelo povo alemão. Chega de lamúrias e de homenagens às vítimas. Chega de falar em holocausto. O mundo gira, a história segue, a fila anda. Se continuarem sangrando o Tesouro alemão, estarão contribuindo para criar novamente um clima propício ao surgimento de um novo maluco qualquer.

Responder



Comentar

Comentários encerrados em 8/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.