Consultor Jurídico

Colunas

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado Jurídico

Ex-sócios do Demarest inauguram nova banca

Por 

Caricatura: Alessandro Cristo - Colunista [Spacca]O recém-criado Baraldi-Mélega Advogados, boutique especializada em Direito do Trabalho e Previdenciário formada por ex-sócios e advogados do Demarest e Almeida Advogados, inaugurou sua sede nesta segunda-feira (28/1). A nova banca está localizada na Rua Capitão Prudente 206, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. O escritório tem oito ex-sócios da área trabalhista do Demarest, além do consultor Antonio Carlos Vianna de Barros, que fundou o setor na antiga banca. "Queríamos criar a nossa própria bandeira, buscar um atendimento mais direto e ágil com participação dos sócios", conta Geraldo Baraldi, que trabalhou por 28 anos no Demarest. Outros 22 advogados do Baraldi-Mélega também vieram da banca — além de clientes que também preferiram a troca. São sócios Geraldo Baraldi Júnior; Márcia Pelella Melega; Danilo Pieri Pereira; Maurício Greca Consentino; Rafael Baccaro; Daniel Giampa Ticianeli; Guilherme Ribeiro; e Karina Sasaki.

"Nosso plano é trabalhar com uma negociação de honorários inteiramente atenta às peculiaridades das áreas trabalhista e previdenciária. São setores que revelam aspectos ímpares, que não podem ser tratados com a mesma metodologia de remuneração tipicamente praticada na área criminal, tributária ou societária", explica Baraldi. A proposta vai permitir, ele diz, a contratação por clientes médios e pequenos. A banca ainda pretende inovar ao integrar as áreas de consultoria e contencioso — diferentemente de algumas bancas full service, em que as duas atividades formam unidades de negócio separadas.


Fusão dobrada
O escritório Miguel Neto Advogados Associados concluiu a fusão com o Ridolfo e Petreche Advogados, liderado por Maria Sylvia de Toledo Ridolfo e Patricia Petreche. O objetivo é reforçar as áreas de Direito Administrativo, Ambiental, Concorrencial e Regulatório, devido à demanda crescente. No Rio de Janeiro, o Miguel Neto se uniu à banca Herrera Advogados, reconhecida pela atuação no segmento de venture capital. Com a fusão, a banca passa a se chamar, no Rio, Miguel Neto e Herrera Advogados. Em São Paulo, continuará com o nome original. O Miguel Neto é especializado em Direito Empresarial, com foco em reestruturações, fusões e aquisições e planejamento. 


Bons ventos
Para atender ao aumento da demanda por serviços no Rio de Janeiro, o escritório Peixoto e Cury Advogados se associou ao carioca Corrêa Meyer, Felcman e RC Pereira Advogados. O Peixoto já tinha clientes no Rio, mas precisou reforçar o time. Agora, os sócios Rodrigo Corrêa Meyer e José Ricardo de Bastos Martins representarão a banca paulista nos casos de contencioso e consultivo nas áreas societária, trabalhista, tributária e cível. 


Crescimento nordestino
O Fragata e Antunes Advogados desembarca de vez em terras cearenses e inaugura em fevereiro sua filial em Fortaleza. A banca é uma das maiores especializadas em Direito das Relações de Consumo do país — com 153 mil processos ativos e cerca de 350 advogados. De acordo com o sócio Francisco Antônio Fragata Júnior, a abertura da nova filial se deve ao forte crescimento registrado nos últimos anos pela banca no Ceará, onde hoje administra 7 mil processos judiciais. A nova sede, localizada na torre do Iguatemi Empresarial, no bairro Edson Queiroz, será coordenada pelo sócio Celso David Antunes. Além de Fortaleza, o escritório tem sedes em São Paulo; Rio de Janeiro; Salvador; Belo Horizonte; Porto Alegre; Curitiba; Aracaju; Recife; e Feira de Santana.

Em janeiro, o escritório inaugurou em Salvador seu Centro de Serviços Administrativos e Controle de Qualidade (Cesaq). Ocupando um prédio próprio de quatro andares e 1,5 mil metros quadrados na região central da cidade, o Cesaq concentra os departamentos de TI, recursos humanos, compras e financeiro e de controle de qualidade de todos as sedes. Segundo Fragata, o objetivo é "reduzir os custos, adequando-os à nova tendência de redução de honorários advocatícios; e, ao mesmo tempo, padronizar a qualidade das peças jurídicas, uniformizando as teses sem descuidar das características regionais de linguagem", explica. 


Cooperativa de crédito
Os escritórios gaúchos passaram a contar com uma nova fonte de recursos para investimentos. A seccional gaúcha da OAB divulga, desde o início do mês, a criação da Cooperativa de Crédito dos Advogados Gaúchos, filiada ao sistema de cooperativas de crédito Sicredi que, segundo a entidade, tem mais de R$ 20 bilhões em ativos. Só no Rio Grande do Sul, a instituição tem 598 unidades de atendimento, e atende também em outros nove estados. Mais informações, pelos telefones (51) 3084-0320 ou (51) 9160-2595. 


Jovem advogado
A advogada Sabrina Maria Fadel Becue é a primeira mulher a presidir a Comissão de Advogados Iniciantes da seccional paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil. Sabrina é especialista em Direito Empresarial e sócia do escritório Katzwinkel & Advogados Associados, em Curitiba (PR). O objetivo da comissão é atuar na valorização do jovem advogado, tanto no aspecto da inserção do profissional no mercado, como no da valorização dos honorários, além de legitimar a representação dos advogados iniciantes em todo o estado. A advogada, que já integrava a comissão na gestão anterior, vai atuar na nova função durante o período 2013-2015. "Vejo essa mudança como algo quase natural, pois, na gestão passada, metade dos membros da Comissão eram mulheres", diz. 


Expansão no exterior
O escritório Brandi Advogados investe na internacionalização para angariar clientes. Neste ano, com a criação do Brandi Partners — escritório de advocacia de negócios internacionais, na definição dada pelos sócios Arthur Brandi e Guillaume Dolidon —, abriu sedes em Paris e em Dubai. Em Paris, há 18 advogados, sendo sete sócios. Além disso, fez parcerias com a banca portuguesa Leitão de Sousa e a turca Gürhan. A escolha desses países se deve ao seu sistema legal. Além de serem mercados em crescimento, todos se baseiam no civil law, praticado no Brasil. São alvos da expansão o Brasil; o Oriente Médio; a Turquia; a Rússia; e os países da Comunidade dos Estados Independentes (CEI), assim como os países africanos de idioma português (principalmente Angola e Moçambique) e francês (principalmente Costa do Marfim e Gabão).


Troca de experiências
Ranieri Giunta, especialista italiano em Direito Comercial e contratos, do escritório ítalo-belga SQ Law, ficará no Brasil durante os meses de janeiro e fevereiro, a convite da banca mineira Moura Tavares, Figueiredo, Moreira e Campos Advogados. Recentemente, os mineiros se tornaram membros da rede internacional Legal Netlink Alliance (LNA). "Tenho interesse em conhecer um sistema jurídico diferente do europeu e do italiano e a cultura brasileira. É importante estreitar contatos para trabalhos futuros, tendo em vista que o Brasil é um país forte no cenário econômico mundial hoje", diz o italiano. Angelo Valladares, sócio do Moura Tavares, comemora. "A vinda de um profissional competente da Europa é importante para agregar valor à prestação de serviço que ofertamos. Estamos conhecendo novas visões de institutos jurídicos, como, por exemplo, cláusulas contratuais.  Além disso, agora estabelecemos vínculos em Roma e Bruxelas, o que possibilita aos nossos clientes ter acesso a serviços jurídicos de extrema qualidade em âmbito europeu, inclusive na sede da Comunidade Europeia", afirma. 


Reconhecimento de excelência
Repetindo o feito de 2011, o Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados foi eleito pela ArcelorMittal Brasil S/A o fornecedor de serviços jurídicos da empresa que apresentou a melhor atuação em 2012. A ArcelorMittal promove, anualmente, uma avaliação dos escritórios e fornecedores de serviços. 


Full service
O escritório Almeida Advogados ficou em 23º lugar entre as maiores bancas full service do país, segundo o Anuário da Advocacia Brasileira, lançado este mês. O ranking foi feito depois de pesquisa com responsáveis pela área jurídica de 1,7 mil empresas diferentes e 2 mil executivos que comandam a área jurídica e financeira nas principais companhias brasileiras. A publicação compara e distingue os 500 escritórios mas admirados do Brasil. Fomos citados mais de 15 vezes na avaliação com distinções nas áreas de Societário, Contencioso Cível, Trabalhista e Tributário e entramos na lista de mais admirados nos setores automotivo, construção e engenharia. O Almeida Advogados ficou atrás de bancas centenárias e à frente de dezenas de grandes marcas da advocacia nacional”, comemora o sócio André Almeida.

No último dia 23 de janeiro, André Almeida mediou discussão sobre o mercado ferroso do Brasil, em evento promovido em São Paulo pelo Instituto Nacional das Empresas de Preparação de Sucata Não-Ferrosa e de Ferro e Aço. Debateram Gesner de Oliveira, ex-presidente do Cade, e Miguel Jorge, ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e atual sócio do escritório Barral M Jorge Consultores Associados


Aliança de atendimento
O advogado Eduardo Boccuzzi, sócio-fundador do Boccuzzi Advogados Associados, único brasileiro na rede global de escritórios The Law Firm Network, falou no Encontro Regional das Américas organizado nos dias 25 e 26 de janeiro pela entidade, na Costa Rica. O evento discutiu as condições socioeconômicas e oportunidades de investimento na América Central e em seus vizinhos. Boccuzzi tratou da advocacia no Brasil. 


Proteção à criação
Nesta terça e quarta-feiras (29 e 30/1) acontece, em Amsterdã, na Holanda, a edição 2013 do fórum Biotech & Pharma Patent Litigation. O evento debaterá as concessões de patentes dos setores farmacêutico e de biotecnologia. O advogado Otto Licks, do Licks Advogados, falará sobre os parâmetros brasileiros para concessões de patentes no Brasil. 


PELAS SOCIEDADES 

Mudança de gerações
Dois nomes saem e dois nomes entram no quadro de sócios do Pinheiro Neto Advogados em 2013. José Roberto Pisani, tributarista, e Claudio Taveira, especialista em imobiliário, deixam a banca devido à aposentadoria. Já Fernando dos Santos Zorzo foi promovido. Ele advoga no escritório desde 1998 e trabalha em São Paulo. Atua nas áreas de Mercado de Capitais e Companhias Abertas, Fusões e Aquisições e Societário. É mestre em Direito (LL.M.) pela Northwestern University School of Law, em Chicago, nos Estados Unidos. Trabalhou como advogado estrangeiro no escritório Simpson Thacher & Bartlett LLP, em Nova York. Renato Stephan Grion, também promovido, está no escritório desde 2007, em São Paulo. Atua nas áreas de Arbitragem, Contencioso Internacional e Mediação. É especialista em Administração de Empresas pela Kellogg School of Management – Chicago/Evanston, mestre em Direito (LL.M) pela Northwestern University School of Law – Chicago; e mestre em Direito (D.E.S.S. — Juriste d'affaires international - Master Droit des affaires) pela Université René Descartes (Paris V). Trabalhou como deputy counsel da Corte Internacional de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional (CCI), como avocat-stagiaire do Grupo de Arbitragem Internacional do escritório Salans, de Paris, e como foreign associate do escritório Pillsbury Winthrop Shaw Pittman LLP, de Nova York.

Reforço duplo
O Bichara, Barata & Costa Advogados tem dois novos sócios. Adriana Astuto chega do Lobo & de Rizzo para reforçar o time de Contencioso Estratégico e Arbitragem da banca. Ela é conselheira da OAB-RJ desde 1997 e foi presidente (2007 a 2009) e vice-presidente (2010 a 2012) da Comissão de Arbitragem da seccional. Antes dos dois escritórios, Adriana foi a sócia responsável pela área de Contencioso no Trench, Rossi e Watanabe. Sandro Machado dos Reis atua na área tributária do Bichara, Barata desde 2004, e agora é sócio. Carrega a experiência de ter sido julgador nos Conselhos de Contribuintes do Ministério da Fazenda e da Secretaria da Fazenda estadual do Rio de Janeiro.

Experiência internacional
Depois de seis anos como sócio sênior no escritório Leite, Tosto e Barros Advogados, José Maria J. S. Meirelles é o mais novo sócio do Angélico Advogados. Especialista nas áreas do Direito Empresarial, Direito Tributário e Contratos Internacionais, Meirelles já foi diretor jurídico de empresas multinacionais no Brasil, entre as quais Sharp Electronics Group, AES-Eletropaulo e GTECH Corporation. Também foi advogado na Cargill do Brasil. Ex-juiz do Tribunal de Impostos e Taxas do Estado de São Paulo, Meirelles foi associado internacional do escritório de advocacia americano McDermott Will & Emery, em Chicago, Illinois e, mais recentemente, presidiu a Comissão de Mediação e Arbitragem da Ordem dos Advogados do Brasil. É Master of Laws (LLM) pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, nos Estados Unidos.

Desenvolvimento sustentável
Telma Bartholomeu Silva é a nova sócia do Almeida Bugelli e Valença Advogados Associados para cuidar da área de Desenvolvimento Sustentável. Thelma é auditora ambiental internacional, consultora jurídica empresarial, professora na pós-graduação em Direito Ambiental e Urbanístico do Curso LFG, em São Paulo e autora de livros na área ambiental. Sua chegada completa o quadro de profissionais de formação multidisciplinar — engenheiros civis, químicos, biólogos e geólogos — para a elaboração de trabalhos da área pelo escritório.

Experiência pública
Cesar Augusto Alckmin Jacob passou a integrar o quadro de sócios do Duarte Garcia, Caselli Guimaraes e Terra Advogados. Cesar tem experiência em Direito Público e é especialista em Direito Administrativo pela Sociedade Brasileira de Direito Público e em Direito Processual Civil pelo Centro de Extensão Universitária. Foi chefe do Departamento de Representação Judicial do Metrô de São Paulo.

 é editor da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 29 de janeiro de 2013, 8h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.