Consultor Jurídico

Notícias

Vale tudo eleitoral

Acusações e acordos quebrados marcam eleição da OAB

Comentários de leitores

20 comentários

democracia só no colégio dos outros

frank_rj (Outro)

escondendo seu obscurantismo com atividades pirotécnicas que lhe atribuem a fachada de atuar em defesa da sociedade, a oab segue concentrando poder e regalias, através da participação e nomeação em diversos órgãos, concessões públicas, cobranças de mensalidades e taxas e obrigatoriedade de filiação. até sua personalidade jurídica é confusa: entre pública e privada fica com o melhor dos dois mundos. não faz concurso para contratar, mas cobra seus débitos através de execução fiscal, recolhe contribuições como os outros conselhos e é demandada na justiça federal. quer ficha limpa, mas faz eleição indireta.
prega moralidade, mas acha que não precisa de licitação para contratar escritório de advocacia. pela especialização não deve ser, já que contamos com vários advogados em todas as especialidades. se for pela confiança, então vamos defender o nepotismo. quer mais confiança que nos parentes?
que tal aplicar na oab a receita que ela apresenta para os outros?

Ué...

Johnny1 (Outros)

...aquele advogado que vive vomitando sobre eleições para o Judiciário não vai se manifestar?

Os efeitos da transparência... o preço a ser pago...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Nada do que é relatado seria para causar estranheza a quem tenha tido o mínimo de vivência em órgãos colegiados. Particularmente não vejo como "o fim da OAB", e sim com os mais claros sinais de colapso de um "modelo de OAB". Comparando ao processo inflamatório temos os mesmos sintomas, calor (a chapa anda quente), rubor (é de fazer corarem de vergonha todos os Advogados), edema, esse inchaço de informações, dejetos do processo interno vazando para todos os lados e não cabendo mais no acomodamento, dor, atinge dolorosamente a moral da OAB em seu histórico, e perda de funções, o atual modelo congressual perdeu a sustentabilidade. Os desfechos? Uma inflamação crônica tende a evoluir para degenerações mais graves, podendo gerar multinucleações, alteração da expressão genética, se tornar algo metaforicamente neoplásico. Requer um escalpelo e debridação. Quando a democracia chegou ao cerne das universidades públicas, se viu muito do que se vê hoje na OAB em eleições departamentais. Algumas instituições valoraram mais alguns produtos simbólicos e concretos do que outras, umas avançaram, outras estagnaram. A propósito, os Advogados são ingênuos de acreditar que nos Tribunais e nos Colegiados Superiores dos MPs tudo corre muito diferente? Apenas o fator transparência.
Não vai ser agora que a OAB poderia sonhar em se tornar opaca, ainda mais por ter abrangência nacional, e, em tese, espera-se que em breve volte a ser em prática concreta, represente mais de 800 mil advogados. Ah, há a ladainha de que os Estados menores nunca mais vão eleger Presidentes da Ordem.
A questão é saber que tipo de OAB irá renascer, ou começar a degenerar em numa neoplasia política, começando a se tornar imagem e semelhança de todas as instituições que critica.

Noticias versus Comentários

Gilberto Serodio Silva (Bacharel - Civil)

Comentários reveladores, estarrecedores, esclarecedores, e muito bem humorados, em especial questionando Guardiões da ètica.
Quiz Custodiem Custodiet - Quem guardará o guardião?
Que Barraco hem?

C'est fiini

Munir (Professor)

Não entendi. É briga entre advogados?!! Aqueles que conhecem as leis, é isso mesmo?! Código de Ética e disciplina etc... etc.. Dá-se aqui razão a Napoleão: "Os advogados são os assassinos da lei."? C'est fini!

Ta na hora de mudar

Denisio Nocera (Comerciante)

Se para entrar neste órgão OAB, que se diz ter ética e disciplina, atribuindo um exame de proeficiência, jamais poderia estar veiculando tanta lama, sujeira, que estava debaixo do tapete vermelho lindo nas salas e departamento do r.órgão, será que o exame é apenas para fazer a reserva de mercado? ou será que poderia as pessoas com ideologia diferente querer saber mais coisas escondidas no r.órgão e desta feita iria aparecer, a lama e a sujeira escondida debaixo do tapete. É vergonhoso a para os Bacharéis recém formando ter um órgão que represente a profissão ter como representantes características de ficha suja. Como exposto pelo DR. Luiz Eduardo acima, se sentir envergonhado de ter que ser obrigado a filiar-se na entidade para poder exercer a profissão. Se este órgão for prestar contas de seus atos muito mais lama e sujeira deve sair, porque pelo visto a tanta coisa as escondidas, que se puxar tapete a cadeia vai encher de engravatados.

Eleições na oab

Jose Antonio Dias (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Vixi...O trampolim político esta pegando fogo!!!

É dessa forma que se apresenta o "pseudo" guardião da ética

FERNANDO JOSÉ MOURA PEREIRA (Secretário)

Enquanto estudante concluinte do curso de Direito e um dos afunilados participantes da 2ª fase do exame de ordem, assisto estarrecido aos acontecimentos que permeiam o processo eleitora da OAB Nacional.
Enquanto elevam assustadoramente o nível das provas em nome da boa advocacia,agem de forma diametralmente oposta.
Há, realmente, um abismo entre o discurso e a prática.
A educação pelo exemplo sempre foi, e sempre será,a forma mais eficiente de transmitir conhecimento e comportamentos que elevem o ser humano e a coletividade.
Fernando Pereira
Graduado em Administração, Pós-Graduado em Gestão Pública e graduando em Direito.

... tenho ...

Luiz Eduardo Osse (Outros)

... vários títulos universitários, portanto, pertenço a variadas autarquias reguladoras de profissões liberais. A OAB é a única da qual me envergonho de pertencer. Não houvesse essa obrigatoriedade de ter meu nome em seus quadros, para poder exercer a profissão de advogado, jamais estaria nela.

Só tem santinho ...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

O relacionamento político é assim mesmo, salve-se quem puder e os outros que se "danem". Não há limite, só vaidade. Cada um mostra o quê é e para que veio! Todos se merecem!

Quem tem medo de eleições diretas na OAB?

Adriano José Borges (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

A forma atual de escolha da diretoria nacional NUNCA pode ser qualificada de eleição indireta. O adjetivo "indireta" nega o próprio substantivo "eleição" e lhe retira a legitimidade, a representatividade e o espírito democrático (Toron, o politicamente correto é dizer "one person, one vote"). Trata-se de uma escolha entre amigos e conhecidos. Uma chancela de interesses variados, de todos os tipos. Em nada engradece a história da OAB, só a denigre. Casa de ferreiro, espeto de pau... O lema da OAB nacional parece ser "A DEMOCRACIA SÓ É BOM PARA OS OUTROS"...

Isso é que é exemplo de ética e disciplina!

Edu Bacharel (Estudante de Direito)

Tem que haver eleição direta pro Conselho Federal da OAB, pois irá garantir mais lisura e transparência.
Hoje em dia temos a impressão que o Conselho Federal é dominado por um determinado grupo de pessoas. As denúncias de supostas irregularidades e más práticas dão à sociedade a certeza que algo tem que mudar.

Eleição da OAB

Lia (Estagiário)

A OAB FAZ MUITO TEMPO QUE DEIXOU DE SER UMA CLASSE REPRESENTATIVA DOS ADVOGADOS, passou a ser uma instituição politica, isso em nível Estadual e agora Federal. Ela não representan mais nossa categoria e sim, para promoção de seus gestores. É como diz o Boris Casoy "isso é uma vergonha".

Quem realmente ganha com isso?

Orlando Maluf (Advogado Sócio de Escritório)

Como Advogado, ex-Diretor Seccional e ex-Conselheiro Federal assisto apreensivo a expressão mais negativa de lutas de idéias que ocorreram na história da OAB. Pode ser que a transparencia que deve ser incondicionalmente praticada custe tão caro, pode ser mera e rápida circunstancia ocasional, porém o que não pode existir é o esquecimento do que representa a Ordem no cenário nacional. Jamais resgataremos o respeito e prestigio que foram obtidos pela exemplar conduta de homens como Sobral Pinto e Evandro Lins e Silva se continuarmos a nos digladiar como incivilizados. A vaidade e o oportunismo exacerbados teem que ceder em prol da dignidade da Ordem.

Já esperado!

Paulo Couto Ramalho de Castro (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Esse cenário já foi prenunciado quando das eleições das seccionais.

É a decadencia da OAB

jasaf (Advogado Autônomo - Civil)

Assim como os demais orgaos publicos brasileiros, a OAB tambem esta contaminada, dirigentes desonestos são eleitos, e aqueles que deviam representar, usam a entidade para se promoverem. OS Advogados de bem do brasil estao ha muito tempo abandonados, estao todos de LUTO, por causa da guerra de vaidades dos dirigentes, diretores, conselheiros e demais membros que se unem para dilapidar o patrimonio publico da advocacia.
Isso que esta acontecendo, nao tem jeito, e a tedencia é piorar cada vez mais.

Política, é isso?

toron (Advogado Sócio de Escritório)

Rodrigo: a eleição do CF não é "congressual" e sim indireta. Não há vergonha nisso, embora lembre os tempos da ditadura. Está mais do que na hora de se discutir, mais que o tipo de eleições, o próprio critério da representatividade, que deve ser repensado. Ainda não consegui compreender como o princípio do "one man, one vote" se compadece com a representação paritária ao modo do Senado da República, mas sem o tempero da proporcionalidade de advogados por Estado. Noutras palavras, quase metade da advocacia brasileira está em São Paulo, mas só temos 3 representantes, como Estados que sequer têm 2 mil advogados.
O mais é o jogo da política com p minúsculo que caracteriza nossa política de classe, pesa dizê-lo!
Como quer que seja, acho bom o que está acontecendo para expor nossa entidade, purgá-la e melhorá-la.
Toron

Lamentável

edicardoso (Outros)

Simplesmente lamentável. A OAB, única instituição que tinha condições de ajudar na reforma do nosso arcaico e absolutista judiciário, trazendo-o para o séc.21, deixou-se contaminar pelos mesmos vírus que dominam uma grande parte do Congresso Nacional,cometem os mesmo erros e usam as mesmas armas,municiando e dando razão à imprensa sensacionalista e cá entre nós,deixando muita gente graúda muito feliz,batendo palmas até com as orelhas.

OAB Federal é uma panelinha, um absurdo

daniel (Outros - Administrativa)

OAB não é democrática e protege apenas o advogado patrão e dos grandes escritórios, por isto quer que a Defensoria esmague os pequenos escritórios.

Fim da Ordem

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A OAB acabou. Não existe mais. Restaram apenas escombros reluzentes, mantidos com nossas anuidades, na qual alguns se servem livremente.

Comentar

Comentários encerrados em 5/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.