Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Confronto em partida

Juizado proíbe 32 torcedores de ir a jogos do Grêmio

O Juizado Especial Criminal do Rio Grande do Sul determinou nesta quinta-feira (24/1) que 32 torcedores do Grêmio estão proibidos de assistir jogos do clube na capital por seis meses, tanto no estádio Olímpico quanto na Arena Grêmio. Eles se envolveram em um briga durante o jogo do tricolor gaúcho contra o Canoas, nesta quinta-feira (24/1), no estádio Olímpico.

"A medida é profilática, porque vai retirar dos jogos as principais lideranças negativas dessas torcidas. Nosso objetivo é pacificar os estádios", afirmou o juiz Marco Aurélio Martins Xavier. Os casos foram registrados no Juizado Especial Criminal que funciona no estádio.

Durante a partida houve duas ocorrências de confronto de torcedores. No primeiro, seis pessoas agrediram uma policial. Durante seis meses, eles terão que se apresentar à Delegacia de Polícia em dias de jogos do Grêmio, duas horas antes da partida, e só serão liberados duas horas após o término. 

O segundo conflito resultou de briga generalizada entre 26 torcedores, que agrediram uns aos outros. Pelos próximos seis meses, em dias de jogos do Grêmio, eles deverão se apresentar no 1º Batalhão de Polícia Militar, duas horas antes da partida, com liberação somente duas horas depois do final da partida.

Por já possuírem antecedentes criminais, 17 pessoas responderão a processo. Por medida cautelar, eles também ficam impedidos de comparecer aos jogos do Grêmio na capital até que o julgamento seja finalizado.

Durante a partida houve também três ocorrências de tráfico de drogas. Um pagará multa e outros dois farão tratamento terapêutico contra a dependência química. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RS.

Revista Consultor Jurídico, 25 de janeiro de 2013, 18h32

Comentários de leitores

2 comentários

Transação penal

Rodrigo P. Martins (Advogado Autônomo - Criminal)

estas foram as condições estabelecidas para a transação, há de pensar um pouco antes de comentar.

proibiu sem processo ? De ofício ?

daniel (Outros - Administrativa)

estamos na era da ditadura judicial !
Ou a notícia está incompleta ou é um absurdo !

Comentários encerrados em 02/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.