Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pesquisa acadêmica

CNJ seleciona estudos sobre Juizados Especiais

O departamento de pesquisas judiciárias do Conselho Nacional de Justiça abriu inscrições para a seleção de trabalhos científicos sobre os Juizados Especiais. O prazo para o cadastramento dos estudos vai até 4 de fevereiro.

Poderão se inscrever professores, estudantes, pesquisadores e demais pessoas com produção científica sobre os Juizados Especiais, vinculados a centros ou a grupos de pesquisas ou a programas de graduação ou pós-graduação. Os trabalhos serão selecionados pela equipe do departamento do CNJ e o resultado será divulgado em 18 de fevereiro.

As melhores pesquisas serão expostas no formato de pôsteres no seminário “Juizados Especiais: Diagnósticos e Perspectivas”, que o CNJ promoverá em março, na sede do Conselho da Justiça Federal, em Brasília.

As pesquisas poderão estar em andamento ou concluídas, desde que os resultados preliminares ou as conclusões possam ser apresentados. Os estudos deverão seguir as seguintes linhas temáticas: “Os Juizados Especiais Cíveis e Federais”, “Os Juizados e a Defesa do Consumidor”, “A Conciliação nos Juizados” e “Os Juizados da Fazenda Pública e o Acesso à Justiça”.

A diretora do departamento de pesquisas judiciárias do CNJ, Janaina Penalva, explicou que o objetivo da seleção é fortalecer a interlocução entre o órgão e a academia. “É uma oportunidade para quem está pesquisando sobre Juizados Especiais e os temas correlatos de contribuir com as reflexões do departamento. Fizemos isso por ocasião da divulgação do Relatório Justiça em Números, e o resultado foi muito positivo”, afirmou.

De acordo com o regulamento da seleção, os trabalhos deverão ser feitos em Corel Draw, Power Point ou Adobe Illustrator e o arquivo digital deverá ser enviado ao CNJ por meio do seguinte endereço. As regras para as inscrições dos trabalhos estão disponíveis no link. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 25 de janeiro de 2013, 17h46

Comentários de leitores

1 comentário

com este prazo exíguo é pesquisa direcionada

daniel (Outros - Administrativa)

uma excelente oportunidade mal aproveitada pelos burocratas do CNJ.
Uma pesquisa elaborada em dias é algo estranho. Ou já têm quem querem beneficiar, ou querem algo mal feito, muito estranho.

Comentários encerrados em 02/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.