Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Interiorização da Procuradoria

Novos procuradores são empossados em Mato Grosso

A interiorização da Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso (PGE), uma das metas do governador do Silval Barbosa, começou a ser efetivada nesta terça-feira (15/1) com a posse de 15 novos procuradores, que vão atuar em cinco cidades polo: Sinop, Alta Floresta, Barra do Garças, Tangará da Serra e Rondonópolis. O objetivo é dar celeridade aos processos que envolvem o ente federado e, assim, efetivar a descentralização da PGE.

Em Mato Grosso, foram mais de dez anos sem concurso público para esse cargo, que possui demanda ascendente frente ao crescimento do estado. Para Silval Barbosa, a posse é mais uma meta atingida pelo governo, que trabalha para dar respostas rápidas à população. “Precisamos de uma procuradoria forte, com um quadro de profissionais que possibilite a descentralização e a celeridade dos processos. O estado tem que se aparelhar para estar cada vez mais próximo do cidadão”, frisou o chefe do Executivo estadual.

O procurador-geral do estado, Jenz Prochnow Junior, explica que a PGE é responsável pela representação em juízo dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e “que os processos não correm apenas na capital, mas também no interior, envolvendo diferentes questões, como ambientais, civis, tributária e trabalhista”. Com o intenso crescimento de Mato Grosso, aumenta também a demanda pelos serviços desta instituição.

Paulo Henrique Procópio, um dos novos procuradores, acredita que a expectativa pela interiorização da PGE é tanto dos empossados quanto da população. “Espero que os mato-grossenses se vejam representados na defesa do seu próprio patrimônio, o erário público”, ressaltou. Com informações da Assessoria de Imprensa do Governo de Mato Grosso.

Revista Consultor Jurídico, 16 de janeiro de 2013, 15h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/01/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.