Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Irregularidades e desperdícios

Primeiro-ministro paquistanês será detido

O primeiro-ministro do Paquistão, Rajá Pervez Ashraf, teve sua detenção determinada pela Suprema Corte do país. Ashraf é acusado de envolvimento em um caso de corrupção na época em que foi ministro de Água e Energia. Junto com ele, serão detidas mais 15 pessoas. A notícia é do portal Terra, com informações da Agência EFE.

Todos eles devem se apresentar à Corte dentro de 24 horas. Quando esteve à frente do mencionado ministério, entre 2008 e 2011, Rajá foi acusado por irregularidades encontradas em uma iniciativa que deveria reduzir a falta de energia elétrica por meio do aluguel de usinas hidrelétricas privadas. O projeto, que custou bilhões de dólares, fracassou.

Revista Consultor Jurídico, 15 de janeiro de 2013, 15h39

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/01/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.