Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Denúncias de irregularidades

Pagamento de horas extras no TSE será apurado

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, determinou apuração das denúncias de irregularidades no pagamento de horas extras no período eleitoral de 2012. 

A relação com os nomes dos funcionários que receberam horas extras no período eleitoral está na página do tribunal na internet, com os respectivos valores adicionais para cada um, e será feita sindicância caso a caso, segundo o TSE.

Segundo o TSE, os gastos com horas extras no período eleitoral, em especial de setembro a novembro, foram maiores que nas eleições de 2010 em decorrência, principalmente, de terem sido as primeiras eleições sob influência da Lei da Ficha Limpa, que aumentou consideravelmente o número de processos analisados na época.

As greves dos servidores da Justiça Eleitoral e dos funcionários dos Correios, às vésperas das eleições, também teriam contribuído para aumentar a concentração de trabalho. Com informações da Agência Brasil. 

Revista Consultor Jurídico, 14 de janeiro de 2013, 22h35

Comentários de leitores

1 comentário

Sem comentários!!!!!!!!!!!!!!!!

augusto1 (Outros)

Não aguentamos mais pagar impostos!

Comentários encerrados em 22/01/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.