Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Mércia

Acusados de matar advogada terão júri desmembrado

O julgamento de dois acusados de envolvimento no assassinato da advogada Mércia Nakashima foi desmembrado. O pedido foi feito pela defesa de Evandro Bezerra da Silva, vigilante acusado de ter colaborado com o crime. A informação é do jornal A Tribuna

Assim, o ex-namorado de Mércia, Mizael Bispo de Souza, será julgado no dia 11 de março, e o júri de Evandro acontecerá em 29 de julho.

O corpo de Mércia foi encontrado em 11 de junho de 2010 em uma represa na cidade de Nazaré Paulista (SP), depois de um período desaparecida. A Polícia acredita que ela morreu em 23 de maio daquele ano, último dia em que foi vista.

Segundo um pescador, o carro de Mércia caiu na represa de Nazaré Paulista no mesmo dia. Ele contou também que escutou uma mulher gritando, e depois viu um homem sair do veículo. O veículo foi encontrado pelos bombeiros em 10 de junho, submerso.

Segundo a perícia, Mércia levou um tiro de raspão no rosto, foi agredida, baleada novamente, desmaiou, e morreu afogada pois não sabia nadar. 

Revista Consultor Jurídico, 26 de fevereiro de 2013, 17h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/03/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.