Consultor Jurídico

Comentários de leitores

7 comentários

Excelente artigo!

Rogério Aro. (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

Parabéns!!

Bla´, blá, blá, bla... Dizemos amém sempre que interessar...

Eduardo. Adv. (Advogado Autônomo)

Estava estranhado o silêncio institucional....
Aliás, já responderam a questão que ficou no ar?
"O discurso de Marcos da Costa foi antes do de Sartori, o que deu ao presidente a oportunidade de se defender. Ele disse que, antes de o Conselho Superior da Magistratura aprovar o provimento, a questão foi discutida com o antigo presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, e, posteriormente, com o sucessor Marcos da Costa. E disse que não houve tamanha objeção durante as reuniões. "O advogado é um amigo do tribunal, e o tribunal está de braços e portas abertas as todos", disse o desembargador.
(...)
Questionado pela reportagem da revista Consultor Jurídico sobre a declaração de Sartori, Marcos da Costa não respondeu. E nem atendeu aos telefonemas posteriores."
Fonte: http://www.conjur.com.br/2013-fev-04/nao-sei-porque-tanta-celeuma-sartori-horario-cartorios

Sei....

Brecailo (Advogado Autônomo - Consumidor)

Dr. Tal, é asim que assina suas petições, faça melhor! Esqueci não pode ser candidato a nenhum cargo eletivo da OAB, porque não tem CORAGEM para ser vidraça, pois, só sabe jogar pedra, e só sabe dar desculpas esfarrapadas, tais como: ser perseguido por dirigentes da OAB, magistrados estaduais e federais, membros do parquet bandeirante, sempre com uma teoria de conspiração. Penso que existem outros problemas que o Dr. Tal esconde!

"Produfindidade" das alegações

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

É isso que o Presidente da maior Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, com quase 300 mil inscritos, tem a dizer sobre a advocacia e as prerrogativas da advocacia?

Visão distorcida!

brasileiro cidadão (Oficial de Justiça)

O advogado está investido de função pública?
Será que os advogados querem todas as restricões que uma função pública traz ou vão dizer que se trata de uma função pública especial!!!
A fala do articulista mostra o perigo de se dar poderes a uma instituição que defende interesses particulares e quer se dizer pública atuando no interesse da sociedade!
Advogado tem como principal comandante o interesse do cliente e pronto. Basta ver que os grandes escritórios de Brasília se recusam a defender clientes que fizeram uso da delação premiada, pois, isso traria a repulsa dos poderosos clientes que lhes pagam com dinheiro público!

Excelente Artigo !

Marcelo Knopfelmacher (Advogado Sócio de Escritório)

Parabenizo, em nome do Movimento de Defesa da Advocacia - MDA, o Presidente Marcos da Costa pelas oportuníssimas colocações expostas nesse artigo.
O artigo 133, resultado de muito empenho por parte da advocacia na Assembléia Constituinte, dignifica não apenas o exercício da profissão, como a própria cidadania.
Cordialmente,
Marcelo Knopfelmacher, Presidente do Movimento de Defesa da Advocacia - MDA.

advogado não postula em nome do cliente, ele representa

analucia (Bacharel - Família)

advogado não postula em nome do cliente, ele representa oa intereses do cliente, por mandato.
Não é substituto processual do cliente.
Importante isto. Quanto à importÂncia da profissão é verdade, mas a OAB não pune os maus profissionais e contribui para a desmoralização da função.

Comentar

Comentários encerrados em 21/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.