Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desconfiados mas obedientes

Portugal é o país europeu que menos confia na Justiça

Portugal é o país europeu cujos cidadãos menos confiam na Justiça e demais instituições políticas, como a Assembleia da República e a Polícia. A conclusão faz parte do European Social Survey 2010/2011, realizado em 26 países, e que será lançado em Lisboa, no dia 13 de fevereiro. Segundo o estudo, a rejeição vem aumentando desde 2004. A notícia é do site português Público.

Ao todo, 49,7% dos portugueses afirmam confiar pouco na Justiça. Em seguida, vem a Polônia, com 38,7% de sua população descrente no Judiciário. Apenas cinco países confiam em todas as suas instituições: Suíça, Finlândia, Holanda, Noruega e Suécia.

A pesquisa também recolheu e analisou dados sobre a obediência das pessoas em relação às decisões dos tribunais. Todos os países analisou o sentimento de obediência às decisões dos tribunais e todos os países registram valores "claramente" acima da média da escala.

"De um modo geral, as pessoas consideram que existe um dever de obediência às decisões dos tribunais; porém, estes valores tendem a ser mais baixos em países com uma tradição democrática mais longa", afirma o estudo.

Revista Consultor Jurídico, 9 de fevereiro de 2013, 7h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.