Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fogo contido

Fórum João Mendes tem princípio de incêndio

O Fórum João Mendes, em São Paulo, teve nesta quarta-feira (6/2) um princípio de incêndio. Segundo o Tribunal de Justiça, o fogo foi contido rapidamente graças à ação de servidores. O incidente ocorreu por volta das 17h30.

De acordo com o TJ-SP, funcionários da administração e da fiscalização notaram que havia fumaça em uma sala do 13º andar, que armazenava equipamentos de informática. Um servidor arrombou a porta com os pés e as providências de combate foram imediatamente tomadas pela brigada de incêndio.

O prédio foi evacuado em cinco minutos. O fogo ficou contido em uma área de 2 metros de diâmetro e não chegou a atingir grandes proporções. Acionado, o Corpo de Bombeiros chegou ao local rapidamente e encerrou os trabalhos de combate ao fogo. Não houve vítimas nem danos materiais significativos.

A ocorrência foi a primeira ocasião em que houve a atuação em caso de incêndio do Departamento de Segurança Patrimonial, criado na atual gestão e encarregado de zelar pelos prédios do TJ-SP. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 6 de fevereiro de 2013, 21h25

Comentários de leitores

2 comentários

O mundo ainda não acabou

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Certamente que nenhum servidor foi afetado, sendo absolutamente falsas as alegações de que não foi possível peticionar eletronicamente devido à paralisação do sistema. Ademais, o Tribunal se encontra suficientemente preparado para receber todas as petições na forma digital, tendo-se mesmo que se julgar procedente todas as ações de indenização movidas contra os advogados, diante da natureza falaciosa das alegações de que o prazo não pode ser cumprido devido à indisponibilidade do sistema.

Será que tem a ver com o lobby contra o PJe?

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Sei não...

Comentários encerrados em 14/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.