Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ajuizamento e tramitação

Justiça Federal em Alagoas torna uso do PJe obrigatório

Será obrigatório, a partir desta sexta-feira (13/12), o uso do Processo Judicial Eletrônico para o ajuizamento e tramitação de todas as classes cíveis na Seção Judiciária de Alagoas, ligada à Justiça Federal da 5ª Região. A medida também vale para todos os incidentes processuais e ações conexas, sendo que a Ação de Naturalização será a única exceção ao uso obrigatório do PJe.

As regras foram definidas por meio da Portaria 1.247, de 5 de dezembro. O objetivo, de acordo com a portaria, é cumprir a Lei 111.4119/2006, sobre a informatização do processo judicial, e respeitar a determinação prevista no artigo 2º, parágrafo único, da Resolução 16/202 do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

O uso do novo sistema permite a tramitação digital dos processos na íntegra, desde a petição inicial até o término da ação. A medida já foi informada à seccional alagoana da Ordem dos Advogados do Brasil, à Advocacia Geral da União, à Procuradoria Federal, à Procuradoria da Fazenda, ao Ministério Público Federal e ao próprio TRF-5. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRF-5.

Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2013, 7h36

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/12/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.