Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sport ou Flamengo

STJ suspende julgamento sobre campeão brasileiro de 1987

Um pedido de vista, feito pelo ministro Sidnei Beneti, interrompeu na tarde desta terça-feira (3/12) o julgamento do recurso em que a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça definiria o campeão brasileiro de 1987: Flamengo ou Sport. O julgamento só deverá ser retomado no próximo ano.

Em 1988, o Sport entrou na Justiça com ação em que reclamava o título do campeonato do ano anterior. A ação foi julgada procedente em 1994. Posteriormente, em 2011, por meio de uma resolução, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) declarou os dois times campeões de 1987. O Sport ajuizou então pedido de cumprimento de sentença para que prevalecesse a decisão de 1994, que lhe deu o título.

Os advogados dos dois clubes fizeram sustentação oral na sessão da 3ª Turma. Os defensores do Flamengo sustentaram que a sentença julgada em 1994 não impede o reconhecimento de mais de um campeão no mesmo ano, ante o reconhecimento de validade a mais de um campeonato. Afirmam ainda que o Sport, quando ingressou no Clube dos 13, reconheceu extrajudicialmente o título ao Flamengo.

Os advogados do time pernambucano alegaram que o campeonato foi validado pela Justiça e apenas o Sport poderia ser campeão em 1987. Segundo eles, a decisão impediria a União, o Conselho Nacional de Desportos (CND) e a CBF de praticar atos contrários a esse entendimento.

Para a ministra Nancy Andrighi, relatora do processo, o Sport extrapolou o que havia sido decidido em 1994, ao buscar em cumprimento de sentença a revogação de uma resolução posterior. Segundo ela, a CBF cumpriu aquela decisão judicial ao declarar o Sport campeão.

A ministra reconheceu, preliminarmente, a inadequação do pedido feito em cumprimento de sentença e votou pela extinção do processo. Além de Nancy Andrighi e Sidnei Beneti, a Turma é composta pelos ministros João Otávio de Noronha, Paulo de Tarso Sanseverino e Villas Bôas Cueva. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

REsp 1.417.617

Revista Consultor Jurídico, 3 de dezembro de 2013, 20h49

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/12/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.