Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Renovação de quadros

Novos conselheiros tomam posse no CNJ e CNMP

O Conselho Nacional de Justiça e o Conselho Nacional do Ministério Público empossaram, nesta terça-feira (27/8), seus novos integrantes. O presidente do CNJ, ministro Joaquim Barbosa, deu posse a sete novos integrantes do conselho, e no CNMP, foram empossados dois novos membros: Leonardo de Farias Duarte e Walter de Agra Júnior.

Em seu discurso, o ministro Joaquim Barbosa afirmou que a renovação do CNJ é importante, pois permite o surgimento de um colegiado diversificado e com representatividade. Ele comentou ainda que, pela primeira vez, o conselho terá quatro mulheres em seus quadros — as outras são a ministra Maria Cristina Peduzzi e a conselheira Gisela Gondim.

A cerimônia, que marcou também a recondução do promotor de Justiça Gilberto Valente Martins ao cargo de conselheiro, foi acompanhada pelo vice-presidente Michel Temer, que representava a presidente Dilma Rousseff. Para ele, o CNJ representa a transparência na administração pública, reunindo todos os elementos necessários para a administração do Judiciário.

Novos integrantes do Conselho Nacional de Justiça
Conselheiro Origem
Ana Maria Duarte Amarante Britodesembargadora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal
Flavio Portinho Sirangelodesembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região
Saulo José Casali Bahiajuiz do Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Paulo Eduardo Pinheiro Teixeiraadvogado
Fabiano Augusto Martins Silveiraconsultor legislativo do Senado 
Rubens Curado Silveirajuiz do trabalho
Deborah Cioccijuíza titular da 2ª Vara da Família e Sucessões do Foro Regional de Santana
Gilberto Valente Martinspromotor de Justiça Militar (reconduzido)

CNMP
No CNMP, tomaram posse o juiz estadual Leonardo de Farias Duarte, representante do Supremo Tribunal Federal, e o advogado Walter de Agra Júnior, que passa a ocupar uma das duas vagas da Ordem dos Advogados do Brasil. A procuradora-geral da República Helenita Caiado de Acioli, presidente do CNMP, afirmou em seu discurso que a composição heterogênea é uma das riquezas do órgão.

Após dizer que o CNMP também é responsável pela integração e aperfeiçoamento do Ministério Público, ela explicou que um dos desafios da atual composição é ampliar a estruturação e, consequentemente, os resultados alcançados. A cerimônia foi acompanhada por Joaquim Barbosa e vice-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Cláudio Pacheco Prates Lamachia, que representava o presidente Marcus Vinícius Coêlho. Com informações das Assessorias de Imprensa do CNJ e do CNMP.

Atualizado às 22h00 de 27/8 para correção.

Revista Consultor Jurídico, 27 de agosto de 2013, 21h43

Comentários de leitores

1 comentário

Gilberto Martins não é Promotor da Justiça Militar

Itamar Brito (Serventuário)

O cargo de Promotor de Justiça Militar é cargo do Ministério Público Militar, ramo do Ministério Público da União.
.
Gilberto Martins é Promotor de Justiça do Ministério Público do Pará, titular da Promotoria Militar.

Comentários encerrados em 04/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.