Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Efetividade na ação

SCP (Outros)

Não conheço de perto os modelos que o comentarista Marcos se refere, mas esse modelo proposto pela Defensoria conta com a participação de uma Ouvidoria Externa, sendo fator bem interessante para garantir a efetividade da participação dos movimentos sociais.

Efetividade na ação

SCP (Outros)

Não conheço de perto os modelos que o comentarista Marcos se refere, mas esse modelo proposto pela Defensoria conta com a participação de uma Ouvidoria Externa, sendo fator bem interessante para garantir a efetividade da participação dos movimentos sociais.

Conheço na prática a DPGE-SP

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Eu não era Advogado, e não podia me deslocar até São Paulo. Um processo, o Advogado perdeu prazo, não agravou, declinaram para São Paulo.
A DPGE-SP indicou do convênio da OAB uma Advogada que pegou um processo e o conduziu como quis sem ouvir em nenhum momento a mim como parte.
Os representantes da DPGE-SP foram de um comportamento lastimável. Não quiseram apelar, tive de arrumar apelação pelo Rio, não quiseram entrar com Recurso Especial... Largaram de lado...
Agora estar aberto à participação do dinheiro da patuleia, aberta a receber subsídios maiores desde que pagos com o dinheiro da patuleia, mal atendida...

Fantasia

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O poder Judiciário é um dos que se dizem "abertos". Nos últimos anos foram realizadas milhares de "audiência públicas", congressos e eventos congêneres para discutir os problemas. Lembro-me que no Paraná foi apresentado em certa ocasião quase mil irregularidades ao então Corregedor Nacional de Justiça Gilson Dipp. Tudo não passou de fantasia. Nenhum dos problemas foi solucionado, surgindo na verdade outros que agravaram ainda mais a situação. O mesmo acontece com todos os demais órgãos e serviços públicos, que só pioram a cada dia, sendo certo que sequer os protestos de junho, quando milhões saíram às ruas para protestar contra a ditadura dos agentes públicos, resolveu alguma coisa.

Diferença entre o discurso e a realidade

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Não conheço nenhum órgão público brasileiro que formalmente esteja "fechado" à participação popular. Na teoria, todos os órgãos são modelos para o mundo. Mas, na prática...

Comentar

Comentários encerrados em 31/08/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.