Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Improbidade administrativa

Policiais perdem da função pública por deixar preso fugir

Dois policiais civis, acusados de receberem R$ 500 para dar fuga a um preso numa viatura oficial descaracterizada, foram condenados à perda da função pública e pagamento de multa civil de cinco vezes o valor de sua última remuneração. A decisão é do juiz Gustavo Marçal da Silva e Silva, da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual.

Os dois policiais foram denunciados pelo Ministério Público Estadual com base no Inquérito Policial que apurou que um dos presos, que estava custodiado no Presídio de Novo Horizonte, no município da Serra, teria oferecido aos dois policiais civis, lotados no presídio, a quantia de R$ 500 para que facilitassem a sua fuga.

Segundo os autos, em fevereiro de 2008, um dos policiais, embora no horário de folga, foi até o presídio em uma viatura descaracterizada da Polícia Civil e, com a ajuda do outro policial, que era o plantonista, pegou o interno e o levou na viatura até o local em que o deixou fugir. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-ES.

Processo 048.080.211.146

Revista Consultor Jurídico, 19 de agosto de 2013, 15h24

Comentários de leitores

1 comentário

A que ponto chegamos....

Ademilson Pereira Diniz (Advogado Autônomo - Civil)

Vejam a que ponto chegamos...por míseros R$ 500,00. E não quero dizer com isso que, se fosse por outro valor, a conduta dos policiais estaria justificada. Não; quero dizer com isso que, SE por essa mísera quantia eles fizeram isso, imaginem o que poderiam fazer por oferta mais vultosa....E estamos, todos, sujeitos a esse tipo de POLICIAL que, ainda por cima, contam com a indulgência do Judiciário quando são acusados de torturas e agressões contra pessoas que se encontram sob sua guarda em porões de cadeias. Isto quando tais pessoas simplesmente não desaparecem.......

Comentários encerrados em 27/08/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.