Consultor Jurídico

Notícias

Discussão no STF

CNJ suspende auxílio a magistrados dos TRTs-GO e AL

Comentários de leitores

6 comentários

Isonomia

Carlos Eduardo Martins (Juiz Federal de 1ª. Instância)

MP, Magistratura, servidores, procuradores de Estado (em algumas unidades da federação), AGU (salvo engano) todos possuem lei concedendo o auxílio-moradia e, com exceção dos Juízes, todos recebem. Inclusive os Conselheiros do CNJ e seus Juízes Auxiliares, bem como os que auxiliam o STF, STJ, CJF ( e seus Ministros tb recebem). Só quem não recebe são alguns Juízes de Primeiro grau (trabalhistas e federais, na sua maioria), mas estes, parece, não podem ter nenhum direito. Quero só ver onde vai acabar a Magistratura...

Lolo

Heloisa Ribeiro Romualdo (Estudante de Direito - Administrativa)

Os auxílios são desnecessários. O salário é suficiente para atender as necessidades do cargo. Sou contra esse tipo de gratificação,auxílio etc. para cargos que já possuem um subsídio de valores altos, capazes de atender um ótimo padrão de vida.

Cadê a honestidade?

preocupante (Delegado de Polícia Estadual)

É pura desonestidade se pleitear auxílio moradia a quem já ganha uma fortuna comparado ao salário da maioria dos trabalhadores brasileiros. E o pior, uma verba que contempla a quem, inclusive, trabalha na circunscrição de sua residência.
Se quem trabalha no órgão que representa a justiça é desonesto e sem ética, o que esperar dos demais mortais dessa terra brasilis do vale tudo por dinheiro e poder?

Nobres magistrados

JUNIOR - CONSULTOR NEGÓCIOS (Professor)

Estão aprendendo rápido!!!

Jeitinho

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Jeitinho nada republicano de engordar os subsídios. Até os TRTs que mereciam alguma credibilidade, estão caindo na vala comum da justiça ordinária com seus privilégios odiosos.

Cabecinhas

Sérgio Fernandes Fonseca (Juiz Eleitoral de 2ª. Instância)

Enquanto cada vez mais queimam e raspam os juízes, o MP, Procuradores Estaduais, Municipais e até servidores vão passando de lavada dos mesmos em termos remuneratórios. Só para citar como exemplo, os servidores subordinados aos juízes recebem auxílio-moradia normalmente, o MP etc... e ninguém acha isso nada demais. Hoje os juízes aconselham os filhos a não seguirem a carreira e na lista de concursos ela não se aproxima das mais atrativas. Quero ver esses que só se levantam para apontar as falhas e xingar qualquer melhoria para os magistrados, amanhã precisarem dos mesmos e darem de cara com energúmenos sem vocação e sem interesse. Se hoje acham ruim, esperem mais um pouco com essas atitudes pequenas, achando que magistrados vivem de vento e de idéias para verem como vai ficar. Incentivem, valorizem e cobrem o equivalente, esse é o caminho para uma carreira de sucesso e que presta um bom serviço, o resto é tolice e tiro no próprio pé.

Comentar

Comentários encerrados em 27/08/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.