Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Insegurança e medo

Servidores do TJ-ES são assaltados próximo ao Tribunal

Servidores do Tribunal de Justiça do Espírito Santo têm sofrido com a insegurança na região próxima do Tribunal. Praticamente todos os dias, servidores do Judiciário relatam terem sido vítimas de assaltos  no local. Somente durante a última semana, foram quatro vítimas.

O presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, tomou conhecimento da situação e determinou à Assessoria Militar para que tome providências imediatas. "Isto é uma esculhambação", afirmou.

Em geral, os assaltos e tentativas ocorrem no momento em que os servidores saem do trabalho e se deslocam em direção ao carro estacionado nas ruas laterais ao Palácio da Justiça ou mesmo na Praça Crisóstomo Belesa ou a algum ponto de ônibus na Avenida Nossa Senhora dos Navegantes.

As mulheres têm sido as principais vítimas. Segundo os relatos, as pessoas que agem ficam escondidas atrás dos carros ou pedindo dinheiro e, de surpresa, anunciam o assalto, que atinge não apenas os servidores do TJ-ES, mas também os moradores da região e os que trabalham nos prédios em volta.

Além da onda de assaltos e insegurança, os servidores identificaram, embaixo da Terceira Ponte, bem em frente ao Quartel do Corpo de Bombeiro, a existência de uma minicracolândia, onde dependentes são abastecidos por pequenos traficantes. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-ES.

Revista Consultor Jurídico, 22 de abril de 2013, 14h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.