Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova marca

Demarest Advogados completa 65 anos em grande festa

Por 

O Demarest Advogados — novo nome do tradicional Demarest e Almeida — completa 65 anos neste mês de abril. Para comemorar, a banca preparou uma grande festa na Sala São Paulo, que contou com a presença de personalidades da advocacia e do Judiciário, como o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, Marcos da Costa, e o vice-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, José Gaspar Gonzaga Franceschini.

Os primeiros convidados começaram a chegar no edifício da Estrada de Ferro Sorocabana, que hoje abriga a Sala São Paulo, antes mesmo do horário marcado: 20h. Dezenas de garçons circulavam com vinho tinto espanhol e champagne entre as poucas mesas que foram postas no local e as centenas de pessoas que, de pé, conversavam. 

Depois de duas horas, muitos canapés e aperitivos, uma voz conhecida convidava os ali presentes a entarem na Sala de Concertos. Era Maitê Proença, que chamava ao palco três sócios, para representarem as três gerações do escritório e falarem um pouco da história da sociedade, da qualidade dos profissionais e dos aprendizados e ensinamentos mútuos do grupo.

A atriz voltou ao palco após os discursos para uma fala sobre a solidez do escritório. Depois de ser aplaudida, chamou a primeira atração musical: Maria Rita, que, toda de branco, cantou sucessos de sua mãe, Elis Regina. A segunda atração, Gilberto Gil, até então surpresa para a platéia, tomou o palco no meio da interpretação da música Se Eu Quiser Falar Com Deus, arrancando aplausos dos convidados.

História em livro
Segundo um dos sócios do Demarest, Mário Roberto Villanova Nogueira, uma das principais características do escritório foi a ideia do norte-americano, Kenneth Elmer Demarest e do João Batista Pereira de Almeida de criar um escritório que sobreviveria a pessoa dos dois. “O Demarest saiu do escritório em 1963 e faleceu em 1985 e o Dr. Batista morreu em 1996. Então o escritório existe há, pelo menos, 13 anos sem os fundadores e o nome continua no mercado. O compromisso como qual tratamos os nossos clientes faz parte de um padrão de qualidade e atendimento.”

A banca foi fundada em 1948 quase que ao mesmo tempo do que a industrialização paulista e brasileira. A história do escritório é contada em um livro — distribuído na festa — e relata a história da industrialização brasileira concomitantemente com os feitos do escritório na mesma época.

Segundo Mário Nogueira, a publicação mostra, por exemplo, o que o Demarest Advogados estava fazendo em relação a indústria automobilística durante o plano quinquenal do Juscelino. “Imperava a sensação de que tudo estava sendo feito ao mesmo tempo e tudo estava dando certo, inclusive para o Demarest e Almeida. Entre as montadoras, a Willys Overland do Brasil tornou-se a primeira grande cliente, desde que decidiu estabelecer-se no Brasil em 1952.”, mostra um dos textos do livro.

Nova marca
Segundo o sócio José Setti Diaz, o projeto para a nova marca do escritório, o símbolo do infinito, reafirmou alguns valores presentes na essência do escritório como o compromisso e o relacionamento de longo prazo com vários clientes, além da informalidade “profissional, mas descomplicada”.

Diaz explica que o símbolo expressa a perenidade e relacionamento, “o infinito é formado por dois laços e formado por um D e um A”.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 18 de abril de 2013, 20h40

Comentários de leitores

1 comentário

Parabéns!

Neli (Procurador do Município)

Se tivesse recebido convite,teria ido. O Brasil é tão sem tradição que é de cumprimentar a tradição num escritório de advocacia,ainda mais sem "os fundadores".parabéns!

Comentários encerrados em 26/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.