Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mapa do Judiciário

TSE sedia lançamento do Anuário da Justiça 2013

Nesta quarta-feira (17/4), a Revista Consultor Jurídico lança, na sede do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, a edição de 2013 do Anuário da Justiça Brasil. A sétima edição do Anuário coincide com o aniversário de 25 anos da Constituição Federal e faz uma análise do Judiciário de 2012. O evento contará com a presença de membros dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, além de representantes da advocacia, da Defensoria Pública e do Ministério Público. 

O conteúdo da publicação trata dos frutos gerados pela nova ordem jurídica inaugurada com a Constituição de 1988. Por um lado, houve expansão da cidadania e reivindicação de direitos e, por outro, grande aumento nas demandas que chegam à Justiça.

O Anuário mostra o salto na quantidade de processos durante o período. Em 1988, 350 mil novas ações deram entrada no Judiciário e, em 2012, o número de novos casos subiu para 26 milhões. O desafio atual do Judiciário é buscar, dentro e fora dos tribunais, solução para essa crescente demanda. A publicação faz ainda uma análise do julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, e mostra como o caso influenciou a jurisprudência em matéria de Direito Penal.

Editado pela equipe da ConJur, com apoio da Fundação Armando Álvares Penteado, o Anuário da Justiça Brasil desenha o mapa completo da alta cúpula da Justiça brasileira. Além dos perfis de todos os ministros do Supremo Tribunal Federal e dos Tribunais Superiores da Justiça, do Trabalho, Eleitoral e Militar, lista também as principais decisões tomadas em cada corte ao longo de 2012. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 17 de abril de 2013, 18h17

Comentários de leitores

1 comentário

Evento - ConJur

MMDC (Outros)

Parabéns pelo evento! Concorrido e prestigiado.
A presença da maioria dos Ministros da Corte Suprema, inclusive do recluso Celso de Mello, pareceu-nos um recado direto àqueles que buscam destratar o relacionamento do Poder Judiciário para com a Advocacia séria e proba.

Comentários encerrados em 25/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.