Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Causa trabalhista

Emerson Leão e Goiás entram em acordo em ação judicial

O ex-técnico Emerson Leão e o Goiás Esporte Clube firmaram Termo de Conciliação, nesta segunda-feira (15/4), para pôr fim a processo trabalhista ajuizado pelo treinador após sua saída do clube, em 2010. O acordo foi feito na Câmara Permanente de Conciliação do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, com a presença dos advogados das partes e do presidente do Goiás, João Bosco Luz.

Conforme o acordo, o Goiás vai pagar ao treinador R$ 839 mil, dividido em 20 parcelas de R$ 41,9 mil, referentes a verbas rescisórias e multa contratual. O treinador e o clube já tinham entrado com recurso de revista no Tribunal Superior do Trabalho contra a última decisão do TRT-GO, mas as partes decidiram por consenso desistir dos recursos e entrar em acordo.

Emerson Leão firmou contrato com o clube do Goiás para trabalhar como técnico de abril a dezembro de 2010. Mas foi dispensado pelo clube em julho do mesmo ano. Após sair do Goiás, Leão ajuizou ação trabalhista contra o clube, requerendo mais de R$ 2 milhões em verbas rescisórias, indenizações e multas.

O juiz de 1º grau havia deferido parcialmente os pedidos do treinador. O clube entrou com recurso ordinário no tribunal, que estipulou o valor da condenação em R$ 600 mil. A conciliação aconteceu após ambas partes desistirem dos recursos interpostos no TST. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-18.

Processo 02016-2010-012-18-09

Revista Consultor Jurídico, 16 de abril de 2013, 9h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.