Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cobrança virtual

TJ-ES regula envio eletrônico de custas processuais

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo anunciou na última terça-feira (9/4) a regulamentação dos procedimentos para remessa eletrônica de informações dos débitos de custas processuais vencidas e demais receitas do Fundo Especial do Poder Judiciário. 

O objetivo é tornar os processos mais rápidos e evitar a paralisação das unidades judiciárias para informar a Secretaria do Estado da Fazenda sobre custas processuais vencidas e demais receitas arrecadadas. O envio de informações de forma online também possibilita a redução da taxa de congestionamento” processual, como sugere o Conselho Nacional de Justiça para aperfeiçoar a prestação jurisdicional nos tribunais. 

No início de abril, foi celebrado acordo de Cooperação Técnica entre o tribunal capixaba, a Corregedoria Geral de Justiça e a Secretaria de Estado da Fazenda para acelerar os trâmites processuais relacionados ao Fundo Especial do Poder Judiciário. Na ocasião, o secretário da Fazenda, Maurício Duque, explicou que aproximadamente 15 mil processos por ano deixarão de receber cobrança manual. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-ES.

Revista Consultor Jurídico, 11 de abril de 2013, 15h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.