Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Segurança do Tribunal

Suspeito é baleado no STF em tentativa de furto

Um homem foi baleado por um segurança no estacionamento do Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira (11/4), após tentativa de furtar um carro. Outro suspeito foi preso. A dupla chegou em um veículo importado, que eles haviam roubado, para o assalto. As informações são do portal G1.

De acordo com o delegado Rogério Alves Dantas, da 5ª Delegacia de Polícia, o homem desceu do automóvel e foi pra cima do segurança, que pensou que o homem iria sacar uma arma. O suspeito foi atingido por um disparo no abdome. A polícia ouviu os suspeitos, o proprietário do veículo e três seguranças.

A assessoria de imprensa do STF informou que ele foi levado ao Hospital de Base de Brasília. Não foi confirmado pelo Supremo se os seguranças envolvidos no caso são servidores do Tribunal ou fazem parte do quadro de empregados de uma companhia terceirizada. Não é o primeiro registro de furtos no estacionamento do Supremo. 

Revista Consultor Jurídico, 11 de abril de 2013, 19h52

Comentários de leitores

1 comentário

Está melhorando

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Quando o crime estiver fazendo as suas vítimas lá dentro (do STF), com certeza teremos mudanças na L. das Execuções Penais e no próprio C. Penal, sem qualquer preocupação com a constitucionalidade na redução da maioridade penal, excesso de lotação nos presídios, ressocialização, direitos humanos, etc. etc. Com um pouco de sorte isso estará acontecendo em breve (a julgar pela ousadia dos criminosos) e então muitos desses problemas estarão solucionados. Afinal, é bem mais confortável lamentar pela morte do vizinho do que esperar que o vizinho lamente pela sua.

Comentários encerrados em 19/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.