Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acusação de estelionato

STF mantém data de interrogatório de Marco Feliciano

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, indeferiu pedido de adiamento do interrogatório do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) na Ação Penal 612, marcado para ocorrer no STF na próxima sexta-feira (5/4). O deputado alegou que participaria de um evento religioso no interior do estado do Pará, previamente marcado para a mesma data.

“Indefiro tal pretensão, porquanto a data, sexta-feira, foi escolhida de modo a não prejudicar a atuação parlamentar do denunciado. Ademais, as atividades judiciárias preferem a quaisquer outras de natureza privada”, afirmou o ministro em sua decisão.

A Ação Penal trata de denúncia acolhida pelo juízo da comarca de São Gabriel (RS), na qual o deputado é acusado da prática do crime de estelionato. Segundo a denúncia do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Feliciano recebeu adiantados R$ 13,3 mil como cachê para ir a dois eventos religiosos, mas não compareceu.

Ainda de acordo com a acusação, o deputado enviou um e-mail à produção dos eventos no dia anterior aos cultos confirmando sua presença. A produtora diz ter sido prejudicada em R$ 100 mil com a ausência do deputado, alegando que já havia pago transporte e hospedagem. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

Revista Consultor Jurídico, 3 de abril de 2013, 19h17

Comentários de leitores

3 comentários

Estelionato?!?!

Leopoldo Neto (Advogado Autônomo - Civil)

Só não entendi porque o não comparecimento a um evento, ainda que com pagamento antecipado, deveria ser entendido como estelionato. Trata-se de uma questão cível, devolve-se o dinheiro e indeniza-se pelos prejuízos.

Carrapatão

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

O carrapatão e seus carrapatinhos não desgruda de jeito nenhum. Beira a mediocridade a atuação de parlamentares desse naipe.Ele tem a capacidade de intepretar o lobo vestido de cordeiro e o picareta e outros papéis mais.É uma pouca vergonha o que se vê por esse Brasil afora.É muita cara de pau.

anova "geni" de nossa podre politica

hammer eduardo (Consultor)

Enfrentar com a devida ajuda daquela corja de BOÇAIS que são seus seguranças , meia duzia de Manifestantes foi muito facil , quero ver agora neste caso em que foi CONVOCADO para prestar depoimento a ninguem menos que o STF.
marco feliciano é mais um mediocre e criminoso empurrado para o parlamento ( que esta cheio de outros bandidos tambem) atraves dos votos das legiões de pobres diabos que embarcam na sua conversinha nojenta , aos desavisados sugiro uma ida rapida ao site YOU TUBE , digitando o nome do meliante aparecerá em primeiro plano um filminho muito bem gravado em que ele "nada de braçada" no palco tomando cheques em branco , motos "doadas" , cartões bancarios que ele inclusive tem o TOPETE de reclamar que vieram sem a senha...........
Este tipo de SAFADO para-religioso é uma moda muito bem enraizada nesta nossa republiqueta de ignorantes em que qualquer um mais isssspertu arranca milhões de quem via de regra mal carrega centavos nos bolsos , em outro Pais que assim pudesse ser chamado , seria apenas charlatanismo , aqui se resolve tudo com o carimbo de "liberdade de culto"
Impressiona tambem a desenvoltura com que tem ficado agarrado no cargo em que jamais poderia sequer pisar na porta , é o total descolamento entre a verdadeira vontade do Povo e o que estes calhordas fazem depois de eleitos , muito simples por sinal.
Manter um patife desta categoria num cargo de pifia importancia no dia a dia do Pais , esta sendo o equivalente a nomearmos Fernandinho Beira Mar "secretario nacional de combate as drogas" , meio engraçado , meio bizarro porem não muito longe da realidade do nosso dia a dia em que lamentavelmente nos acostumamos com este tipo de esgoto diario. Uma pena !

Comentários encerrados em 11/04/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.