Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Delitos eleitorais

PM e Justiça Eleitoral lançam cartilha para policiais

Com o apoio do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, a Policia Militar lançou nesta sexta-feira (28/9), durante reunião do conselho dos coronéis, a cartilha de bolso com instruções sobre crimes e delitos eleitorais, que será entregue para todos os policiais que estiverem em trabalho no próximo dia 7 de outubro.  Na ocasião, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos Ribeiro, foi representado pelo juiz auxiliar da Presidência, Jorge Luiz Tadeu Rodrigues.

Na presença dos comandantes dos 10 núcleos (comandos) regionais, o comandante geral, coronel Osmar Lino Farias, apresentou todo o planejamento feito pela instituição para garantir  a segurança das eleições municipais. 

O material didático elaborado para os policiais contém informações sobre os principais delitos cometidos nos dias próximos à eleição, bem como orientações de como proceder diante das irregularidades flagradas.

O comandante da Polícia Militar expôs todos os esforços desencadeados pela instituição, dando destaque aos deslocamentos das tropas para garantir o mínimo de efetivo policial nas cidades. “Nossa ação prevê o mínimo de dois policiais por local de votação instalado na zona rural. Na área urbana, nós planejamos atuar com, no mínimo, um policial por local de votação. Sabemos que os membros do TRE querem fazer a melhor eleição dos últimos tempos, e temos trabalhado incansavelmente para isso”, ressaltou o comandante geral Osmar Farias.

O juiz auxiliar da presidência, Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, também ressaltou o sucesso da parceria celebrada entre as instituições a cada eleição. “Sem o apoio de vocês para enfrentar as enormes dificuldades que temos em nosso Estado, não seria possível realizar as eleições sem que solicitássemos ajuda de órgãos nacionais”, salientou. Com informações da Assesoria de Comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso.

Revista Consultor Jurídico, 28 de setembro de 2012, 16h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.