Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vídeo degradante

Propaganda que associa Serra a Arruda é proibida

A juíza eleitoral auxiliar Carla Themis Lagrotta Germano concedeu liminar para suspender imediatamente a veiculação de inserções de TV com insinuações sobre a associação de José Serra — candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, com José Roberto Arruda — ex-governador do Distrito Federal. No vídeo, Arruda aparece recebendo dinheiro. A juíza facultou a substituição da propaganda. A decisão é dessa quarta-feira (26/9).

Segundo ela, a propaganda da coligação "Para Mudar e Renovar São Paulo" (PT / PP / PSB, PCdoB), em uma primeira análise é degradante. O mérito da representação ainda será julgado. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRE-SP.

Revista Consultor Jurídico, 27 de setembro de 2012, 22h07

Comentários de leitores

3 comentários

Que desplante!

Richard Smith (Consultor)

.
O que é que liga Serra a arruda? Uma foto?
.
Não, a baba cada mais venenosa do PT, desesperado que está com a queda de todos os seus candidatos e, principalmente, pela ameaça de ficar fora da disputa em São Paulo, a "jóia da coroa"!
.
Quanto a "chumbo trocado" além de ser um comentário rasteiro, mais adequado a estelionatários e conjuges adúlteros, acho que, cotejadas todas as ligações entre o PT e sua base alugada, digo "aliada" (Quércia, delfim, renans, sarney´s, severinos, barbalhos, malufes e outros "bichos" - sem a mínima intenção de ofensa ao inocentes animaizinhos!), quem é que fica "mal na foto"?!
.
É que a PeTralhada julga que todos são iguais a elles!
.
(cartas para a redação)

Chumbo trocado

Davi Leite Sampaio Arantes dos Santos (Advogado Autônomo)

Chumbo trocado dói?

PT corrupto

JCláudio (Funcionário público)

Acho interessante o PT do Haddad fazer um papelão deste.
Ora, eles estão associados ao Maluf que é a acusado de uso indevido de verba pública e agora vem querer apontar com o dedo sujo as mazelas de outros candidatos.

Comentários encerrados em 05/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.