Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Planejamento estratégico

Tribunais discutem como tornar serviços mais eficientes

Representantes de todos os tribunais do país começam a discutir, no próximo dia 17 de outubro, medidas para aprimorar a gestão nos 90 tribunais brasileiros. O assunto será debatido no evento preparatório para o 6º Encontro Nacional do Judiciário. A reunião será em Brasília entre gestores de metas e responsáveis pelo planejamento estratégico das cortes. “A Justiça brasileira precisa de um planejamento estratégico nacional adaptado à realidade de cada tribunal, e esse é um dos objetivos do encontro”, destaca o ministro Carlos Alberto Reis de Paula presidente da comissão de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento do CNJ, que fará a abertura da reunião.

O evento preparatório vai debater questões relacionadas às metas nacionais do Judiciário e temas que serão tratados pelos presidentes das cortes brasileiras nos dias 5 e 6 de novembro, durante o 6º Encontro Nacional, que será em Aracaju (SE). No encontro, os dirigentes irão discutir as estratégias para o cumprimento das metas do Judiciário e definir temas prioritários a serem tratados em conjunto pelas Cortes brasileiras para o aprimoramento do serviço prestado ao cidadão. “A Justiça não existe para si mesma, mas para o cidadão brasileiro. Por isso estamos tentando definir metas que garantam o cumprimento do preceito constitucional de Justiça célere e efetiva”, explica o ministro.

Segundo ele, a definição de um planejamento estratégico nacional coordenado entre todo o Judiciário brasileiro, respeitando as particularidades de cada tribunal, é essencial para o alcance de um perfil integrado que se busca para a Justiça no país. “A matéria é fundamental para o novo perfil de Justiça, com tribunais trabalhando em conjunto”, reforça o presidente da comissão de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento do CNJ. Para participar da reunião preparatória para o 6º Encontro Nacional do Judiciário, os gestores e chefes da área de planejamento estratégico dos tribunais podem se inscrever pelo portal do CNJ, www.cnj.jus.br até 12 de outubro. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Serviço:

Reunião Preparatória para o 6º Encontro Nacional do Poder Judiciário

Data: 17/10

Horário: das 9h às 18h

Local: ESMAF, Setor de Clubes Esportivo Sul, Trecho 2, Lote 21

Público-Alvo: servidores e magistrados que atuam na área de Gestão Estratégica e utilizam o Sistema de Metas Nacionais

Inscrições: até 12/10

Revista Consultor Jurídico, 27 de setembro de 2012, 11h01

Comentários de leitores

1 comentário

Pm-sc

pmsc (Outros)

O tema é palpitante: Tribunais discutem como tornar serviços mais eficientes.
Novamente, venho trazer à lume o que sempre pensei e escrevi nos meus trabalhos publicados sobre administração de serviços judiciários.
Defendo a necessidade, em casos como tais, mesa redonda com direito a voz e voto, dentro de uma sistemática quando as matérias forem de natureza interdisciplinares. Com efeito, não gera avanço tecnológico a reunião apenas de técnicos do próprio Poder Judiciário (magistrados e servidores). É preciso, então, para um evento como projetado nessa nota sob comento, que técnicos externos do PJ possam participar, mas com direito a voz e voto, nas áreas científicas de administração, economia, contabilidade e de computação eletrônica de dados (Todos doutores, mestres e especialistas).
Vai um velho ditado: "Santo de casa não faz milagre".

Comentários encerrados em 05/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.