Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Infiltrado na Abin

Espião da Abin é preso pela PF por investigar colegas

A Polícia Federal prendeu, em flangrante, um oficial da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) por investigar colegas. A prisão aconteceu na última sexta-feira (14/9), enquanto o infiltrado trabalhava em sua sala na instituição. Até ser descoberto, o espião já havia conseguido hackear 238 senhas dos investigadores que trabalhavam em investigações estratégicas.

Agora, o desafio da Abin e da Polícia Federal é tentar descobrir para quem o investigador trabalhava. Ele foi preso e encaminhado à Superintendência da Polícia Federal em Brasília e libertado no sábado, após a Justiça determinar fiança de três salários mínimo e meio. Com informações do Correio Braziliense.

Revista Consultor Jurídico, 20 de setembro de 2012, 14h53

Comentários de leitores

2 comentários

Será um espião duplo?

carlinhos (Defensor Público Estadual)

É fácil descobrir para quem ele trabalhava descobrindo o teor das investigações em que seus colegas “hackeados” atuavam. Espero que ele não esteja atuando em prol de algum país estrangeiro e repassando conhecimentos estratégicos e de alta tecnologia, principalmente, de cunho militar.

E caso o alvo da espionagem não fosse 'federal'?

Leitor1 (Outros)

Fico imaginando se haveria alguma investigação se a espionagem fosse endereçada a alguém destituído de 'poder'. Tenho severas dúvidas se a polícia federal apuraria investigações paralelas, quebras indevidas de sigilo fiscal e bancário e a divulgação de escutas telefônicas na imprensa (vide aí o art. 10 da lei 9.296/1996)... Mas, se a espionagem é interna (no interior da própria estrutura estatal), essa questão gerará, quando menos, disputa por poder e competências... Tão certo quanto as previsões sobre Macduff, em Macbeth...

Comentários encerrados em 28/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.