Consultor Jurídico

Comentários de leitores

8 comentários

A cesar o que é de cesar - toffoli

huallisson (Professor Universitário)

MEUS CAROS COMENTARISTAS, A CESAR O QUE É DE CESAR.
(Diz a Bíblia: "´Ninguém é tão pobre que não possa dar, nem tão rico que não possa receber.)
O gesto de grandeza do Min. Toffoli, em voltar atrás, não implica dizer que ele sempre tenha sido ou será um bom moço. Ao contrário, no meu entender a decisão dele de acompanhar Lewandowski para enfiar o mensalão nas casamatas dos juízes singulares, ao argumento de que o julgamento seria mais rápido, foi de uma ingenuidade ou suspeição gritante. Mas isso não lhe retira o gesto de grandeza em confessar um erro e corrigi-lo voluntariamente. Em se tratando de juiz, é atitude raríssima, embora devesse ser a regra. Agora, nobres comentaristas, não ser maniqueísta é coisa muito difícil. Eis aí a razão das críticas. Vejam que muitos operadores do Direito defendem a Exame de Ordem com unhas e dentes, por entender que é um instrumento para aferir capacidade profissional e não fazer reserva de mercado. Agora eu lhes pergunto: A OAB de Ophir afirma que não aceita nenhum diploma emitido pelo MEC e disse mais: "Não aceito na Ordem bacharel com pós-graduação, com mestrado, com doutorando, como professor de doutorado na melhor Universidade brasileira, por que não têm capacidade para exercer a advocacia". Onde está o senso lógico dos senhores? Não é questão de anencefalia? Freud dizia que é caso de nosocômio? Diga qual é sua posição sobre o Exame de Ordem, que Freud lhe dirá onde deve estar você. Repetindo o que eu já disse: “O maniqueísmo tem dois olhos, mas quando um abre o outro fecha”. Eis o x da questão, se me empresta a expressão Eike Batista. Pedro Cassimiro - Analista jurídico - Brasília.

Voto do tofolli 2

Flávio Lucas (Juiz Federal de 1ª. Instância)

O senhor Toffoli não possui a mais mínima condição de ser juiz de primeiro grau, como, aliás, evidenciaram os concursos públicos que o reprovaram. O que dirá juiz da suprema corte. Só no Brasil do Lulismo mesmo. Ontem ele teve que tomar aulas do Ministro Celso de Mello que, elegante como sempre, lhe ensinou o que queria dizer a teoria da cegueira deliberada e em que contexto ela poderia ser aplicada aos casos de lavagem de dinheiro.
Quanto a suposta "humildade" em mudar de posição, tão ressaltada pelo próprio Toffoli, em verdade, nada tem de humildade. Na verdade, ao explicar a sua "nova posição", o Ministro demonstrou que sequer entendera o que havia votado antes. A tese defendida por Marco Aurélio de Mello e Celso de Mello é a de que para o fim de integrar o tipo objetivo da lavagem de dinheiro, à luz da revogada lei 9.613/98, não seria possível utilizar o inciso que aludia a crimes praticados por organização criminosa. Isso porque aventaram violação ao princípio da legalidade penal, já que o conceito do que é uma organização criminosa ainda não fora, segundo eles, definido pela legislação nacional, em que pese a Convenção de Palermo ter sido ratificada. Toffoli, demonstrando toda a sua ignorância e porque não dizer irresponsabilidade ao se prestar a emitir um voto sem entender do que está falando, demonstrou que entendera algo completamente diverso. De que não fora definido um tipo penal que criminalizava o fato de integrar uma organização criminosa. Enfim, um falou português claro e o Toffoli entendeu javanês...

Stf condena....

hrb (Advogado Autônomo)

Como acima por alguém comentado, falta nessa trama o Ali Babá, que, safo disse um dos insignes ministros do STF, pede desculpas ao povo brasileiro, mas afirma que de nada sabia.

forçou!

Ciro C. (Outros)

Chamar o ex AGU de juiz é um descalabro! Juiz onde? O sujeito que bombou em todos os concursos que fez por falta de capacidade intelectual. Eu já tinha parado de comentar no Conjur devido a mesmisse da maioria dos comentários e a cansável teoria de conspiração e síndrome do cachorro vira lata que paira por estas bandas, mas, tem horas que não dá... é muito!!!

Toffoli, um gesto de grandeza

huallisson (Professor Universitário)

TOFFOLI, UM GESTO DE GRANDEZA
Poucos se deram conta do gesto de grandeza, eu diria melhor, gesto heroico, do Min. Toffoli, no julgamento de mensalão de ontem. Sua Excelência, voluntariamente, mudou um posicionamento seu firmado anteriormente, por concluir que estava errado. Em se tratando de juiz, no nosso país, é coisa rara, raríssima! Veja que o Min. Marco Aurélio, por birra, permanece no erro em detrimento de todo povo. Cezar Peluso chegava à arrogância de dizer: "Em termos de judicatura, nos meus 40 anos de juiz nunca me arrependi de nada". E como todos sabemos, Peluso, no julgamento da Lei da Ficha Limpar disse: "Voto contra a Lei da Ficha Limpa e o povo que se dane". Todos erramos. Logo, eu só confio no homem que admite seus erros. Tenho muitas restrições à hermenêutica do Min. Toffoli - por vezes até ingênua -, mas essa sua atitude é de incalculável valia. Espero que esse seu gesto assuma efeito pedagógico, pela teoria dos vasos comunicantes, em todo terreno pretoriano. É como disse o Min. Ayres Britto: "Quem tem um rei na barriga acaba morrendo de parto". Só lamento que apenas uma nesga da nossa mídia enxergue o óbvio. O maniqueísmo tem dois olhos, mas sempre que um abre o outro fecha.
Pedro Cassimiro - Analista Jurídico - Brasília.

Thiago

trfmenezes (Advogado Autônomo - Criminal)

Tofolli e Barbosa mudaram o entendimento de uma maneira muito repentina, vejamos: No julgamento da ADI 4414 ( http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=208912 ), a corte entendeu que não havia o tipo penal crime organizado, e agora, repentinamente os citados ministros mudaram o voto! É o samba do crioulo doido correndo solto.E aja insegurança jurídica.

Voto do tofolli

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Não te qualquer envargadura e nem sustenta qualquer debate com os demais.

e prossegue a função no "gran circus brasilis...."

hammer eduardo (Consultor)

Vamos cair na real , este julgamento so esta indo nesta direção devido ao FATO de que a maioria dos Ministros sabe que esta sendo visto por alguns MILHÕES de pares de olhos.
Apesar do esforço herculeo do dignissimo Ministro Joaquim Barbosa , devemos ser conscientes de que isto jamais vai ser um passeio na esquina e sim uma belissima pedreira.
Os "infiltrados" levando-ovsky e o "menino maluquinho" dias toffoli são apenas uma dupla de PAUS MANDADOS a serviço justamente do PT que esta sentado figuradamente ou como um todo no banco dos reuis.
O grande engodo deste julgamento é o FATO de que o apedeuta 9 dedos deveria SIM estar arrolado no processo pois fica inimaginavel se querer aceitar que um esquema deste tamanho era desconhecido por ele que tem a fama de ser onipresente em tudo, só mesmo nescios , analfabetos e corrompidos ideologicamente pensam em contrario.
O desdobramento em "nucleo publicitario" e o tal "nucleo politico" tambem ajuda a enrolar para presente o FATO de que não iremos a lugar nenhum se não sentarmos no pudim tambem os politicos RATAZANAS que levaram o dinheiro discutido. Cadeia tambem DE VERDADE só acredito vendo pois todos são ligados a QUADRILHA CENTRAL e sabem DEMAIS portanto a hipotese pratica de "xilindró" esta descartada de inicio , talvez no maximo para meia duzia de ratinhos menores que assinavam cheques ou serviam cafezinho no tal Banco Rural.
É o Brasil PODRE ate a medula armando o seu cirquinho do "me engana que Eu gosto" , quem viver verá , desde que tenha estomago para tal..........

Comentar

Comentários encerrados em 21/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.