Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Chambers Latin America 2012

Oito brasileiros estão entre os melhores da região

Oito escritórios brasileiros concorrem ao prêmio de excelência Chambers Latin America 2012, que será entregue no dia 17 de setembro em Miami, nos Estados Unidos. Há cinco anos, a editora inglesa Chambers & Partners pesquisa o mercado jurídico na América Latina e premia as melhores bancas de advocacia da região, de acordo com o ranking que produz.

Por meio de entrevistas com advogados e clientes e também com a análise de grandes negócios conduzidos pelos escritórios, a editora faz um guia com os mais citados e conceituados nos 20 países. Os guias são divididos em 24 áreas dentro do Direito Empresarial, entre elas tributário, arbitragem, meio ambiente, falências e trabalho.

No ano passado, o escritório uruguaio Guyer & Regules foi escolhido o Escritório do Ano na América Latina. Deixou para trás o Pinheiro Neto que ficou com o prêmio em 2010 e 2009. Entre os brasileiros, no entanto, a banca continuou na liderança. Foi citado com destaque em 20 das 24 áreas pesquisadas. O TozziniFreire ficou com o segundo lugar no ranking do Brasil.

Além das duas grandes bancas, neste ano concorrem Barbosa, Müssnich & Aragão; Machado, Meyer, Sendacz e Opice; Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados; Pinheiro Guimarães Advogado; Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados; e Veirano Advogados.

Barbosa, Müssnich & Aragão
Criada em 1995, a banca carioca está entre as 15 maiores do país. São 265 advogados com atuação especializada em Direito Bancário e Financeiro, fusões e aquisições, mercado de capitais, societário e tributário, entre outras.

No início deste ano, foi o primeiro colocado no ranking da Bloomberg sobre operações de fusões e aquisições. Em 2011, fechou 34 operações e o market share do escritório foi de 34,8%.

Machado, Meyer
Aos 40 anos, o escritório é um dos maiores do país. A equipe é formada por 323 advogados, 170 estagiários e mais 250 funcionários. Está entre as 100 sociedades que têm mais de 20 sócios, entre as 10 mil bancas que existem em São Paulo.

Em volume de negócios, no ramo de fusões e aquisições, participou de operações que somaram US$ 19,9 bilhões em 2011. Atua em seis estados no país.

Mattos Filho
O escritório acaba de completar 20 anos. Nasceu em São Paulo e hoje também atua no Rio de Janeiro, Brasília e Nova York. Está entre as dez maiores bancas do país, com 286 advogados, dos quais 43 são sócios.

A última edição do Análise Advocacia 500 mostrou que o escritório está entre os mais admirados do país na área de contratos comerciais, infraestrutura, operações financeiras, societário e tributário. Ficou em quinto lugar na lista das bancas mais lembradas pelos entrevistados.

Pinheiro Guimarães
O escritório foi fundado em 1922 por Plínio Pinheiro Guimarães no Rio de Janeiro. Hoje, são 45 advogados além dos 28 sócios, com atuação também em São Paulo.

No guia Chambers Latin America deste ano foi citado como um dos líderes brasileiros nas áreas de Direito Bancário e Mercado Financeiro. Seis sócios foram citados com destaque.

Pinheiro Neto
Escolhido por duas vezes como o melhor da América Latina, o escritório completou 70 anos de história em 2012. A equipe é a quinta maior do país, com 349 advogados. Ao todo, são 73 sócios.

Foi a primeira brasileira a adotar o modelo de gestão e controle de qualidade e, ao longo de sua trajetória, esteve presente em momentos marcantes do país. Participou da renegociação da dívida soberana do Brasil na década de 1980; das privatizações na década de 1990; do primeiro lançamento de ações de uma empresa brasileira na Bolsa de Nova York, a Aracruz.

Souza, Cescon
Entre os 20 maiores escritórios do país, o Souza Cescon tem uma equipe formada por 213 advogados, sendo que 33 deles são sócios. Nascido em São Paulo, atua também no Rio de Janeiro, Brasília e Minas Gerais.

No primeiro trimestre deste ano foi apontado no ranking da Bloomberg como o líder em fusões e aquisições. De janeiro a março, a banca assessorou dez operações que, juntas, movimentaram US$ 7,2 bilhões. No ano passado, os dois projetos brasileiros premiados no Project Finance International Awards 2011, promovido pelo grupo Thomson Reuters, foram assessorados pelo escritório.

TozziniFreire
O terceiro maior escritório fullservice do país tem hoje 360 advogados. Fundado em 1976, tem sede em São Paulo e filiais em outras quatro cidades brasileiras e também em Nova York.

No Chambers Latin America 2011 ficou em segundo lugar, apontado por advogados e empresas com destaque em 20 áreas do Direito Empresarial. Em seis dela, como um dos melhores. No Análise Advocacia 500, a banca figurou entre as mais admiradas em Direito do Consumidor, importação e exportação.

Veirano Advogados
A banca fundada por Ronaldo Veirano completou 40 anos em 2012. Tem, atualmente, 255 advogados (todos sócios), além de uma rede de escritórios correspondentes que atendem em 90 países.

No guia Chambers Latin America deste ano, foi citado em todas as 24 áreas em que foi pesquisado. Em quatro delas apareceu no grupo dos melhores: Comércio Exterior, Energia e Recursos Naturais, Mineração e Petróleo e Gás.

Revista Consultor Jurídico, 9 de setembro de 2012, 6h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.