Consultor Jurídico

Comentários de leitores

43 comentários

Erro...

Evaristo Teixeira do Amaral (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Por favor, não é mal caráter e sim mau caráter.... desmerece a entrevista com o grande jurista! (pergunta: Mesmo sendo inocentes?).

Anteprojeto de ocasião

Luís Guilherme Vieira (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

Parabéns, Miguel; é necessário reagir.
Bom que todos conheçam, também, a entrevista dada pelos professores Jacinto Coutinho e Edward Carvalho (http://www.ihu.unisinos.br/entrevistas/512777-reforma-do-codigo-penal-ha-vicios-de-origem-entrevista-especial-com-jacinto-coutinho-e-edward-rocha-de-carvalho).
Para os que comungam das mesmas críticas, importante subscreverem -- e divulgarem -- o Manifesto do IBCCrim, Instituto Manoel Pedro Pimentel e ITEC (http://www.ibccrim.org.br/novo/manifesto/manifesto2012.php).
Luís Guilherme Vieira, advogado

Miguel Reale Junior quer impor a sua vontade

analucia (Bacharel - Família)

Miguel Reale Junior quer impor a sua vontade, pois ainda acha que é o Ministro da Justiça. Ruim é o Código Penal que participou da elaboração;
Não faz o menor sentido manter o livramento condicional. E o termo "reduzíssimo" é importante para popularizar a questão penal, pois não pode o povo ficar refém dos "juristas" que inventam termos técnicos apenas para receberem honorários.
violência é o CP que Miguel Reale Júnior participou e que nada fez para a vítima. Fica muito preocupado com o estuprador e entende que a vítima é a culpada pelo estupro.
O novo CP é muito bom, apenas precisa de alguns ajustes.

Comentar

Comentários encerrados em 10/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.