Consultor Jurídico

Demora excessiva

Juíza de Santos é afastada por lentidão em processos

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o afastamento liminar da juíza titular da 9ª Vara Cível de Santos, Selma Marques Guimarães. A justificativa é a excessiva demora na emissão de sentenças. A decisão, apreciada pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça, acolheu pedido de providências da subseção de Santos da Ordem dos Advogados do Brasil, segundo notícia publicada no jornal A Tribuna.

Em nota, a assessoria de imprensa do TJ-SP informou que está sendo feito o levantamento completo dos processos que se encontravam em poder da juíza. Só após o levantamento será possível saber o número total de ações na 9ª Vara Cível, as providências a serem tomadas e o tempo estimado para regularização. “Os processos permanecem na mesma vara e os novos feitos continuarão a ser distribuídos a ela”, esclarece a nota.

De acordo com o coordenador de Relações com o Judiciário da OAB-Santos, Dave Lima Prada, constitucionalmente, as decisões judiciais em primeira instância devem ocorrer entre dois e dez dias. Porém, como na prática o prazo não é cumprido, pela falta de servidores e pelo grande volume de processos nas comarcas, há uma tolerância baseada no senso comum de, no máximo, dois meses.

Com o intuito de tornar mais célere a tramitação dos processos, o Tribunal de Justiça analisa mensalmente a produtividade das comarcas paulistas, por meio de planilhas que detalham a movimentação judiciária em cada vara.

Em nota, a OAB santista afirma que a entidade, por meio da Comissão de Relação com o Poder Judiciário, continuará a “acompanhar os demais pedidos de providências para ver restaurada a razoabilidade do tempo de apreciação dos processos, com emissão de decisões judiciais cabíveis em varas demoradas”.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2012, 16h36

Comentários de leitores

6 comentários

Não estivessem os juízes tão ocupados...

Michael Crichton (Médico)

...eles iam comentar essas ofensas diárias, repetidas, reiteradas...

poucos juízes trabalham muito no Brasil

daniel (Outros - Administrativa)

em geral, os juizes apenas acumulam processos por falta de produtividade e posam de vítima da própria preguiça.
Tanto é que não se publica um ranking de sentenças.
Queremos saber quem foi o juiz que mais prolatou sentenças em 2011 e o que menos prolatou ... Mas, têm medo de divugarem isto...

Entidade corrompida

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A OAB de Rio Preto, prezado Paulo Jorge Andrade Trinchão (Advogado Autônomo), está a serviço dos desmandos do Judiciário. Ao invés de tratarem dos interesses da advocacia, omitem-se com o intuito de obter alinhamento com os magistrados e autoridades em geral.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 08/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.