Consultor Jurídico

Comentários de leitores

30 comentários

morar na comarca e horario no forum

Latc (Juiz do Trabalho de 1ª. Instância)

A medida, bem intencionada, pode não ser ideal - os foruns muitas vezes nao tem a estrutura inclusive em termos de segurança, se o juiz estiver sempre dentro do forum tambem pode acabar sendo interrompido diversas vezes no trabalho, a dificuldade para concentracao e reflexao é maior. Ainda, morando na comarca e estando sempre disponivel lá e convivendo no dia-a-dia, conforme o local, o juiz pode ficar mais sujeito a pressoes e a situações complicadas que podem até gerar suspeição. Enfim, a medida tem que ser bem ponderada pois em muitos casos pode ter efeito contrario de prejuizo ao serviço do juiz e não de melhora na prestacao jurisdicional.

Primeiras coisas primeiro...

Azimute (Consultor)

Senhores e senhoras, precisamos observar alguns regramentos fixos.
Primeiramente, a LEI. A magistratura é algo de livre escolha a seguir, então, ao escolher ser juiz, o candidato TEM QUE SE ATER ao que está na lei. E se a LOM prevê que ele deve morar na comarca onde atua (exceto no atendimento a múltiplas comarcas), então QUE ELE MORE NA COMARCA QUE ATENDE! Fim de conversa, por aqui.
Em segundo lugar, uma questão moral. Não importa se o trabalho é estafante, ou estressante (lembremo-nos de que É ESCOLHA do candidato). Se está previsto seu trabalho no fórum, de segunda a sexta, que seja! Senão, senhores, no que a Justiça é diferente daqueles chopins que infestam o Congresso, que comparecem de terça a quinta, e usufruem dois dois a mais que os outros mortais? Pessoas, é preciso que as pessoas de bem SEJAM EXEMPLO. Estamos carentes de bons exemplos.
Não importa se o ambiente caseiro lhe é favorável (quase sempre será, a não ser que o juiz tenha uma megera em casa...ou a juíza tenha um ogro residente). Não importam os favorecimentos da tecnologia. Enquanto o lugar comum for comparecer ao trabalho, porque não fazê-lo?
Todos sabem que as críticas surdas ao desempenho dos juízes/juízas passa por esse filtro da frequència ao local de trabalho, do comportamento em sociedade... Se ninguém se importa com isso, então estamos mesmo mal, no país do Carnaval.
Finalmente, é uma imoralidade (antes de uma injustiça) que um "habeas corpus" não seja apreciado imediatamente, simplesmente porque Sua. Excelência não foi ao fórum!!! Isso é insuportável, e eu seria capaz de representar junto à Corregedoria, se algo semelhante acontecesse com alguém próximo!
Bom dia!

Brincadeira

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Até quando esse ranço colonial vai predominar no país! O CNJ brinca de faz de conta como se não conhecesse a malandragem dessas cumulações de comarcas e Varas. Sei que existem juízes muito responsáveis, mas o corporativismo os degenera, da mesma forma que a política nefasta degenera pessoas de soslaio.

Tudo tem o seu tempo

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

No meu Estado, a Lei prevê que o juiz tem que estar no Fórum todos os dias, num dos turnos; no outro, ele trabalha no Fórum ou em casa.
Funciona!
Integro o ramo do Poder Judiciário que tem o melhor IDJus do Brasil (foi notícia aqui há poucos dias).
É preciso que se entenda que, salvo durante as audiências e atendimento de partes e advogados, o trabalho do juiz é feito por escrito. Ele lê, pensa, reflete e escreve. Isso, hoje, com os recursos tecnológicos, pode ser feito no Fórum ou em outro lugar com acesso à "Internet".
Ah, recebo advogados em casa, se e quando necessário, no horário de expediente ou fora dele.

Muito trabalho

Gustavo Ribas Alves (Assessor Técnico)

Muitas pessoas pensam, erroneamente, que ser juiz é fácil, que somente realizam audiência e sentenciam.
Não sabem que na Justiça Estadual, por exemplo, muitos deles respondem por 3 ou 4 comarcas. Não sabem que a função de dirigir o órgão é dos juízes. Não sabem o quanto é demorado ler todos os autos dos processos para se chegar à decisão, e que depois de formulá-la, é preciso corrigi-la detalhadamente para que se torne perfeita, à altura do que esperam os jurisdicionados.
Infelizmente, essas pessoas ignoram essas e outras tarefas que exigem muito de todos no poder judiciário, e se limitam a fazer críticas, sem buscar conhecer a realidade dos tribunais.

Pulso fraco

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Lastimável que se tenha que fazer uma campanha para que a casta magistratura cumpra com suas obrigações legais. Em países "normais" os culpados seriam identificados e punidos, e fim de papo. Aqui é preciso convencê-los a se portarem de acordo com a lei.

No meu caso.

Tiago_61 (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

No meu caso, no fórum, apenas despacho, converso com advogados e partes. Elaboro as sentenças em casa, em meu escritório. Normalmente, termino a última sentença às três horas da madrugada! Acho que todo juiz de carreira sabe como é a vida de um juiz de carreira!

Privilégios régios!!!

VITAE-SPECTRUM (Funcionário público)

Observe-se a derradeira opinião de um juiz: quem lê até pensa tratar-se de uma verdade irrefragável. Ora, a campanha do CNJ tenta alcançar o contrário do que tem ocorrido. Fosse regra essa abordagem, qual a razão da campanha?! Em verdade, intenta-se obter privilégios régios, como se eles decorressem do cargo. Deplorável.

Perfeito

Prætor (Outros)

O magnânimo Ophir tem razão: os juízes devem ficar 24 horas no fórum, de preferência morando nele e deve estar ao mesmo tempo em dois fóruns em comarcas distintas, pois o ideal é que acumule várias varas em várias comarcas. Devem os juízes marcar audiências todos os dias, manhã, tarde e noite, exceto se desagradar os advogados, claro. Com audiências nos três turnos, deve despachar todos os processos e proferir todas as sentenças de madrugada ou, melhor, ao mesmo tempo em que preside as audiências. E, obviamente, exercer a corregedoria dos cartórios judiciais e extrajudiciais, estar disponível as 24 horas com celular para que os advogados não fiquem ansiosos se não despacharem uma petição de juntada exatamente naquele minuto.
E a remuneração, o ideal é que seja simbólica, aliás, "o juiz é como o padre", mas sem que o Tribunal banque suas despesas naturalmente.
O exercício da jurisdição no Brasil está se inviabilizando. A saída natural para os que sobreviverem é diminuir brutalmente a qualidade da jurisdição, julgando tudo em bloco - conforme exemplos dados pelos Tribunais - e as partes que convivam com esta jurisdição "fast food", que é rápida, mas que não faz nada bem...

Sem lógica.

Alex Freitas - ASF (Advogado Autônomo - Criminal)

Com a devida venia do entendimento do Dr. Nelson Calandra, entendo que o magistrado deve estar no fórum assim como todos os demais funcionários da Justiça. E nem se diga que ser juiz é um ofício e coisa e tal, como se funcionário não fosse. Todos sabemos que quando estamos em casa acabamos por nos distrair com diversas coisas, isto quando a cama não nos chama para um longo sono. Somos antes de tudo, seres humanos e semelhantes. Não bastasse isso, como bem mencionado pelo corregedor Falcão, casos urgentes precisam ser resolvidos com o juiz e ele precisa estar presente no fórum. O advogado vai despachar onde, na casa do Juiz???? Alguém vai passar o endereço???? É um absurdo!!! Alguns Juízes já não querem receber o advogado no fórum, imaginem em sua s casas. Por vezes penso que vivemos em outro mundo, pois é inacreditável imaginar que alguém defenda que um Juiz fique em casa e não no fórum e que em casa e não no fórum ele vai se concentrar melhor. Gente, o povo não é mais bobo... temos que parar de subestimar as pessoas, achando que somos mais espertos ou algo assim. E um Juiz do quilate do Dr. Nelson Calandra, com vasta experiência, com certeza, "data venia", esperamos outra opinião a respeito. Era para ele ajudar a puxar as orelhas. O dinheiro do salário do Juiz, assim como dos demais funcionários saem do bolso do povo, e a vontade do povo com certeza é que eles trabalhem para valer cada centavo do salário recebido. Se tiverem alguma dúvida, que perguntem ao povo. Vamos refletir gente, tempos que pensar que país queremos deixar para nossos filhos e netos e com certeza o que fazemos hoje reflete no amanhã.

Comentar

Comentários encerrados em 7/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.