Consultor Jurídico

Notícias

AP 470

Supremo condena José Dirceu, Genoíno e Delúbio Soares

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

40 comentários

Condenação da "trinca" do PT.

Manoel Neto (Bancário)

Confesso ter sido um dos milhares de admiradores do PT quando ele surgiu com uma nova linha pensamento politico. Hoje me sinto decepcionado ao ver que, mas uma vez o poder tem o poder de modificar alguns. Mas discordo, plenamente, quando dizem que(fazendo uma metáfora)"dinheiro e álcool" mudam o caráter de alguém. Eles apenas revelam o verdadeiro intelecto do ser humano. Senão, vejamos: O PT era o simbolo do moralismo e da ética quando era oposição. Ao assumir o poder se revelou àquilo que seus dirigentes e integrantes já eram (vale ressaltar que não estou generalizando, porque os verdadeiros petistas saíram logo a máscara veio á tona). Como a justiça tarda, mas não falha, sinto-me satisfeito com a decisão do Supremo de condenar àqueles que um dia foram fonte de inspiração para muitos. Que essa "trinca" seja "trancada" (desculpem o trocadilho) e as chaves perdidas na imensidão do horizonte. Jose Dirceu que fizera plástica para lutar contra a Ditadura Militar só esqueceu que um dia ela cairia...José Genoíno, outro grande expoente da Politica Nacional,o qual fora um dos guerreiros do "Araguaia", também se deixou levar pela "guerra do toma lá da cá". Felizmente a Justiça percorreu o caminho contrário do deles e se consolidou como um marco para todos nós, brasileiros, que achávamos que nunca iríamos ver o dia em que um colarinho branco fosse ficar "sujo" atrás das grades. Parabéns STF pelo belo trabalho. Como diria um ex: "Como nunca visto antes neste pais..."

Supremo condena

silvius (Outros)

Parabéns a todos os ministros do STF. Pergunto, qual é o próximo julgamento de políticos? Pergunto, quem julga os ministros? Pergunto, porque Joaquim disse que Gilmar tem capangas no Mato Grosso e depois se calou? Agora que Joaquim é Presidente pode mexer no angu. Mexerá? Finalmente o Brasil sabe que o STF existe. Pessoas do povo como nós estão impressionadas com a valentia deles. Agem sempre assim? A capa serve também para voar? Revisor serve para que?

Supremo tribunal federal

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Venceu a instituição PODER JUDICIÁRIO.
Com todo tipo de pressão (popular e as politicas, estas as sorrelfas)o SUPREMO TRIBUNAL por seus ministros puderam julgar com independência e imparcialidade.
É o que se esperava. A mim não foi supresa. Vejo a história do SUPREMO como um modelo que agora firmou e se afirmou.
Espero que isto sirva também, de paradigma para a sociedade.
Existe sim um PODER JUDICIÁRIO.

Nota de puro sofisma

Valdecir Trindade (Advogado Autônomo - Trabalhista)

A nota do zé dirceu é puro sofisma. Só não vê quem não quer. Observe-se que em nenhum momento ele, dirceu, nega que tenha sido o cabeça do mensalão ou que dele tenha sido protagonista. Diz tão somente que não há provas contra ele. Ora, com a devida venia, era necessário que o zé viesse a público e dissesse: eu jamais coordenei qualquer processo de corrupção de parlamentares; eu jamais participei da arrecadação e distribuição de dinheiro ilegal; eu jamais dei aval para esse tipo de delito. Mas não, limita-se a velha e conhecida ladainha: não há provas. Assim não dá. É substimar demais a inteligência de quem a tem.

Perdeu a cabeça mas não parou de falar

Gusto (Advogado Autônomo - Financeiro)

O tal Robespierre ainda não se ligou que sua cabeça já rolou de há muito sob a lâmina do Sr. Guilhotan. Que sujeito medíocre e acre. Quanto aos facínoras, falta apenas o criminoso mor ser levado ao patíbulo, e cabe ao povo de São Paulo dar-lhe a primeira estocada mandando às favas essa mentira perigosíssima chamada PT e Haddad. Mais um miasma maligno criado por essa quadrilha.

Continuando

Ricardo (Outros)

Por que o PT se acha detentor do monopólio do pobre?
Por que o PT nao para de pagar bolsa disso, daquilo outro, pra ver se ganha eleição?
Por que o PT mantém discurso revolucionário ultrapassado?
Por que o PT nao se manca que a queda do muro de Berlim e o fracasso da experiência Cubana sinalizam outro rumo?
Por que o PT ataca a Justiça quando deveria aplaudir a decisão do STF?
Por que o PT nao percebe que o povo brasileiro tá com o saco cheio de negociatas dos políticos?
Por que o PT nao promove a reforma política e muda de uma vez por todas essa situação que esta ai?

Vivendo e aprendendo

Ricardo (Outros)

1. Se a atuação da maioria do STF nao foi técnica, como alardeiam os petistas, como explicar o voto do Tofolli, que condenou Genoino e Delubio, numa autentica admissão da existência do esquema Mensalão?
2. Se os outros partidos fizeram o mesmo, mas os seus dirigentes nao foram punidos, como explicar a conduta dos petistas de reprovarem a atuação da Justiça com base no argumento: só eu, mas e os outros?
3. Por que os petistas nao percebem que as pessoas com mínima capacidade intelectual condenam as ações do partido porque desejam mudanças na condução política desse pais e nao simplesmente a condenação de seus dirigentes?
4. Por que o partido que empunhava a bandeira da ética abandonou o discurso na pratica?

Erro

Observador.. (Economista)

Minha escrita não é boa como a de muitos comentaristas aqui - estou sempre aprendendo - mas notei o "encobertar" e peço desculpas.Quis dizer acobertar.Ato falho.

Estado de Direito

Vladimir Aras (Procurador da República de 1ª. Instância)

O Ministério Público Federal(investigação e ação penal) e a Polícia Federal (IPL) estão de parabéns. O êxito dessas instituições perante o STF é o sucesso do Estado de Direito.
A independência da PGR e do STF é uma das marcas da AP 470. Os PGRs que atuaram no caso e oito dos 11 ministros que votaram e condenaram a maior parte dos réus (Peluso, inclusive) foram indicados pelos governos Lula/Dilma. Dois outros foram indicados por políticos que hoje apoiam o governo: Celso de Mello (por Sarney) e Marco Aurélio (por Collor). Somente Gilmar Mendes foi nomeado por FHC. Tribunal e MP independentes e defesa ampla. É o que estamos vendo.
Sobre o tema, escrevi em meu Blog, "Lições garantistas e o Mensalão": http://blogdovladimir.wordpress.com/2012/10/07/licoes-garantistas-e-o-mensalao/

O clamor social e os Ministros do STF.

Diogo Duarte Valverde (Advogado Associado a Escritório)

Sem intenção de ofender, digo com sinceridade que as pessoas que sustentam que não houve provas suficientes para condenar talvez não tenham assistido ao julgamento ou lido as palavras dos eminentes Ministros. Não houve condenação na base de achismo, todas as condenações foram embasadas na mais pura racionalidade.
.
Não cabe dizer que Ministros como um Gilmar Mendes ou um Marco Aurélio tenham votado pela condenação por qualquer pressão da opinião pública, mesmo porque os dois nunca foram receiosos em ir frontalmente contra a opinião pública e são autores de votos muito controvertidos. Dizer que houve influência popular no julgamento é desconhecer o perfil dos julgadores que lá estão.

Julgamento da ap - ação penal 470 - mensalão

Marcelo Oliveira BH (Bacharel - Trabalhista)

Não estou querendo defender ninguém e dizer que este ou aquele é inocente.
Defendo apenas um julgamento justo, amparando pelo Estado Democrático de Direito, pela Constituição, pelos Princípios da Presunção da Inocência e Do Contraditório e Ampla Defesa, e a existência inequívoca nos autos de provas materiais cabais, as quais possam deixar claro a culpabilidade e participação dos indiciados nos crimes aos mesmos imputados.
Caso estes direitos e princípios sejam observados e desta forma forem encontrados tais provas, e não apenas a existência de ilações, conjecturas, indícios a partir de depoimentos os quais podem ser inverossímeis e de depoentes que não merecem credibilidade, face as circunstâncias de sua situação ou mesmo por já declaradas inimizades ou mesmo rixa política, se mesmo assim se a culpabilidade for encontrada, QUE TAIS CULPADOS PAGUEM SEUS CRIMES, QUE SEJAM CONDENADOS ÀS PENAS ATRIBUÍDAS AO SEU TIPO PENAL.
QUE SEJA FEITA ACIMA DE TUDO JUSTIÇA, PORÉM DENTRO DA LEGALIDADE !!!
QUE TAL JULGAMENTO NÃO SE TRANSFORME NUM PALANQUE ELEITORAL E OU NUM ESPETÁCULO DE PROMOÇÃO PESSOAL E NÃO SEJAM OS INDICIADOS VÍTIMAS DE EXECRAÇÃO PÚBLICA FACE AO CLAMOR SOCIAL.

Suprema ousadia

JA Advogado (Advogado Autônomo)

O réu Dirceu está fazendo "exercício (não arbitrário por ora)das próprias razões", contra a opinião e a decisão da nossa suprema Corte de Justiça. Assim fica difícil. "Não descansarei enquanto não provar minha inocência", bradou a seu próprio juízo, esquecendo que a oportunidade de produzir as suas provas já passou. Desse julgamento só fica o enorme constrangimento moral de ver uma pessoa transformada em juiz vitalício da suprema corte por escolha pessoal e critérios subjetivos de Lula (!), que é o Sr. Toffoli, não se declarar suspeito ou impedido de votar, tendo sido assessor de todos os réus que estavam sendo julgados. Decidindo votar, até os postes de Brasília sabiam como seria o seu voto. Nem precisaria ter fundamentado. O Min. Mensalowski idem idem., este com o diferencial de que, ao invés de votar com a serenidade que se espera de qualquer magistrado, apregoou suas teses numa apaixonada sustentação oral, fazendo corar as faces de muitos que o assistiam.

Mudança de paradigma jurisprudencial

EDER TI (Advogado Autônomo - Administrativa)

É alvissareiro o momento por que passa o STF e o Brasil no sentido julgar um caso altamente complexo (Mensalão!) de assalto ao erário, envolvendo uma quadrilha altamente articulada, composta por altas autoridades do governo federal. Pensavam e planejavam sair impunes diante de tão escabroso e assombroso escândalo. Porém, percebe-se na composição da suprema corte que há homens dignos e cientes do papel de que o país precisa ser passado a limpo! Resta, no entanto, disparar ações para processar e condenar o principal artífice de tudo isso: o sr. Luís Inácio Lula da Silva, que pensa e planeja transformar o Brasil em uma
Cuba de Fidel ou Venezuela de Hugo Chaves! O ano de 2012 já entrou para a história de nosso país!

Carmen Lúcia

Observador.. (Economista)

O mais interessante, neste julgamento, foi ver a Min. Carmen Lúcia - definitivamente - enterrar a tese do "Caixa 2" como algo menor.
Esta estória de querer encobertar um crime, com outro, finalmente foi percebido como uma desfaçatez absurda pelos membros da Corte Suprema.
Outra questão, sou eu continuar a não entender como, membros do PT, agora atacam frontalmente um Supremo quase todo escolhido por eles.
E identificar FHC e Serra com a direita, chega a ser engraçado.Mas deixa para lá.Não adianta falar em Direita e Esquerda em um país onde a esquerda domina grande parte da política, da imprensa, das ONGs e de muitas instituições e, quando briga entre si, chama o outro de "Direitista", "Fascista" etc.Meras palavras ao vento.Hoje encaro isto como "feio", "bobo", de crianças pois infantil que é.
É tão desta forma que lembro da ex-senadora-agora-vereadora Heloísa Helena, quando foi para o PSOL, se referir - berrando como é tradição em certos grupos de esquerda - assim à certos membros do PT.Como o PT se refere ao PSDB.
Talvez seja uma estratégia, onde pessoas conservadoras se sintam sempre órfãs e acabem abdicando ou se envergonhando de suas convicções.
Se cola em alguns eu só posso lamentar.

Perspicácia

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

A grde. 'sacada' do Relator, o insigne Min. Joaquim Barbosa é digna de nota. Ao propor o 'fatiamento' do processo 470 (mensalão),desarticulou todo o esquema defensivo da 'troupe', na medida em que fragiliza a defesa do 'próximo' acusado,à cada condenação do anterior,tanto técnica quanto moralmente.É que,deixando para o final apenas a dosimetria das penas,vai minando as esperanças de todos os envolvidos e enfraquecendo o discurso defensivo dos advogados,isso tudo sem contar o principal: quem já se sabe condenado não vai querer segurar o rojão dos outros,(que poderão ser absolvidos), de forma que, daqui para a frente, inúmeras serão as delações entre os próprios acusados/condenados que soltarão a língua em relação aos co-partícipes, mutuamente.Espera-se que essa corrente de 'entrega' chegue até o chefão de todos, o ex-presidente Lula,nada impedindo que seja processado, depois,individualmente, se novos fatos assim o permitirem. Parabéns Min.J.Barbosa pela feliz condução do Relatório,inovador,de certa forma,já que nunca o STF julgou 'fatiadamente' como dessa vez, consubstanciando-se,essa técnica,na maior e melhor arma para minar o ânimo dos acusados e seus defensores. É evidente que isso não se aplica aos dois fantoches do STF Lewandowiski e Tofoli, ilustres desconhecidos,que em troca do 'notável saber jurídico' para ocupar uma cadeira no STF,pegaram o 'atalho da porta dos fundos'guindados pela indiscutível amizade com o presidente,apenas c/o compromisso de livrar os assaltantes do erário,o que têm feito com fidelidade canina,mesmo em desabono dos seus já pífios currículos,(se é que existem) porquanto já garantida a aposentadoria, pouco importando a que preço.

Olho Vivo e Elza Maria - excelente! - domínio do fato e Lula

Pefer (Advogado Autônomo - Civil)

Os comentaristas Olho Vivo e Elza Maria tocaram na ferida: a teoria do domínio do fato, a pressupor um orquestrador finalista atrás das ações conduz, por sua própria lógica, à incriminação do principal favorecido e ocupantes do mais alto cargo do país, Lula. Que não se diga que contra ele não há provas, pois, igualmente ao que se acusa sobre Dirceu, também Lula, é provado, teve reuniões com o Banco Rural, e já que os indícios, advogados por Rosa Weber, Fux, Gilmar e outros, como lembra a Elza Maria, são suficientes para um, devem sê-lo para outros. Ou então é que, como dito por Orwell, "todos são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros" e a teoria do domínio do fato serve só para alguns e para outros há só fatos indômitos.

Os que agora comemoram chorarão depois...

Pefer (Advogado Autônomo - Civil)

Contra Dirceu há apenas, como fato concreto, o empréstimo concedido para sua ex-esposa na compra de um apto, por via do esquema de Marcos Valério. Contra os partidos, apenas a recepção de dinheiro que, sim, pode ter comprado a base aliada. Contra Genoíno, um título assinado em conjunto com Marcos Valério. Contra Kátia, a bailarina e filha do dono do Banco Rural, o fato de ter repactuado dívidas que encontrou feitas na gestão de seu pai e dificilmente alguém atrever-se-ia a se opor ao Poder com o qual lidava, mormente por dívidas já feitas. Contra Valério e como fonte do esquema, o desvio de recursos em contratos de publicidade nos quais não se contesta a realização dos serviços, mas que são tomados como fonte do dinheiro. Nada atesta necessariamente a compra de votos, muito embora, sim, fique comprovada a irrigação do dinheiro para as mãos de parlamentares, que, por sua vez, não poderiam ser condenados por lavagem de dinheiro, que é ato a posteriori e só poderia configurar-se se demonstrada a ocultação ou dissimulação da origem mediante outra ação. Por sua vez, nada comprova qualquer vantagem dada por Dirceu ao Banco Rural, pelo que até agora ficou sem resposta a pergunta sobre qual é o motivo do crime. Samarane, que simplesmente fazia relatórios assinados conjuntamente com outros, foi condenado por omitir num deles a operação a qual sequer sabe-se se teria acesso.
.
Preparem-se para o que está por vir. Preparem-se para "o país do Ministério Público, onde condenações serão proferidas na sombra de meros indícios e todo e qualquer crime virará lavagem de dinheiro. Não fazem idéia do monstro criado, depois vão chorar.
.
Como diz mesmo o poema, quando pegaram todos eu nunca falei nada, quando vieram me pegar, já não tinha ninguém para falar por mim.

voto do Min. Toffoli é nulo

JALL (Advogado Autônomo - Comercial)

O José Dirceu não teve dois votos de absolvição. O voto do Min. Toffoli é nulo porque vai de encontro ao princípio constitucional e democrático de que "ninguém está obrigado a fazer ou deixar de fazer nada senão em virtude de lei". O Min. não poderia ter votado porque há lei processual expressa que o proibe por impedimento legal dada a sua vinculação com o Réu. Por um ranço corporativo, se essa afronta à lei não sensibiliza sequer ao fiscal da lei que é o Procurador Geral, o que dirá os seus pares? Acredito que se fosse um voto de qualquer peso no resultado o Min. Toffoli não teria esse tratamento indulgente por parte de seus colegas de sodalicio. Nulo portanto esse voto do menino. O do Lewandowski já está julgado como sendo o de uma defesa partidária com técnicas jurídicas convenientes ao partido. Graças à maioria acachapante dos votos que acompanharam a denúncia do Procurador da República e o voto do Min. Joaquim Barbosa que são o bálsamo de que nossa alma social precisava desde Cabral aportou nestas terras. O Brasil tem tudo para mudar.

Simples.

Ricardo (Outros)

O zDirceu foi acusado pelo Bob. Há relatos (prova testemunhal) de que o zDirceu participava de reuniões com outros partidos para a cooptacao ($) de apoio político. O Bob confirmou tudo isso e as reuniões citadas, das quais MValerio também participou, dão liga a narrativa. E obvio que o Lula sabia disso, mas provar e que sao elas. A teoria do domínio do fato nao prescinde da existência de prova. Ninguém disse nos autos que o Lula participou ativamente do esquema, trata-se de ilação.

Há, há, há, há (nada de risadas enlatadas PeTralhescas!)

Richard Smith (Consultor)

.
ADORO mesmo! Mas, parece que chegamos mesmo, quase ao final da paródia! Os vagabundos irão para a cadeia, muito embora para "gente" como elles, a simples e quase unânime execração pública já constitui uma cadeia, que ACOMPANHA o vivente aonde elle vá!
.
Quanto ao "fessô" PeTralha Robespierre (acho que Marat ficaria mais apropriado!) nem adianta mais gastar bala ou sola de sapato com o tipo. Ao longo dos mais de seis anos que "pontifiquei" neste democrático espaço, com efeito não perdi oportunidade deslindar a verdadeira alma totalitária, ensandecida, democraticida e esquerdofrênica (pum do FHC é TÓCHICO e crime ambiental; pum do lulla é um prodígio que beneficia o Universo, pois delle só emanam iluminações, como diria a Marxilena Chauí!) cristalizada nas "opiniões" e raciossímios do tipo Abortista, Anticlerical, Infantil e Escroto - parte do galardão por elle arduamente conquistado no tenaz exercício do mais rasteiro TAREFEIRISMO PARTIDÁRIO - não por picuínha pessoal, mas sim como autópsia ou análise anatomopatológica de um certo "zeitgeist", que quase engolfou o País todo, e cristalizado nos zurros, tão imbecis quanto arrogantes, da alimária semovente!
.
E agradeço aos amigos leitores e colegas comentadores a força e o incentivo com os quais sempre me premiaram. Eis aí "a cereja do bolo"!
.
Abraços a todos.
.
.
PERDEU, PT! MÃO NA CABEÇA E DEITA NO CHÃO! AÍ, NA MORALZINHA!
.
.
LULLA PARA PRESIDENTE (Presidente Bernardes ou Presidente Venceslau!).

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 17/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.