Consultor Jurídico

Notícias

Garantidor da independência

CNJ deve zelar pela autonomia do Judiciário, diz Britto

Comentários de leitores

6 comentários

Sansao, o gênio de Itarare...

Ricardo (Outros)

Vai comentar vc na Carta Capital ... Capacho do ZD

Ops...

Directus (Advogado Associado a Escritório)

...óleo de peroba...

Que eu saiba...

Directus (Advogado Associado a Escritório)

...foi Hitler quem suprimiu integralmente o Poder Judiciário na Alemanha...
...foi Chavez quem prendeu juízes independentes na Venezuela...
...então, quem é mesmo nazi-facista? Vá se informar ou comprar óleo de linhaça, professor de araque.

Fascista

Armando do Prado (Professor)

Nazi-fascista v. errou de blog. O seu, que se coaduna com sua ideologia é o do "tio" reinaldo, enrustido e louca como você.

Sectário, verborragico e maniqueista

Ricardo (Outros)

Eia Sansao...

Saul Leblon

Armando do Prado (Professor)

Ignoro se alguém imaginou absolvições de acusados de mensalão. Não faltam otimistas, nem mal informados. Mas até entre os mais entusiastas de condenações crescem o reconhecimento crítico do descritério dominante, na decisão das condenações, e o mal-estar com o destempero do relator Joaquim Barbosa. Nada disso “tonifica” o Supremo, como disse ontem seu presidente Ayres Britto. Decepciona e deprecia-o –o que é péssimo para dentro e para fora do país.
.
Trecho de artigo de Saul Leblon.

Comentar

Comentários encerrados em 22/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.