Consultor Jurídico

Comentários de leitores

10 comentários

Atos nulos II

Inácio Henrique (Serventuário)

Os atos praticados sob o império da safadeza e da desfaçatez, com o julgamento e condenação de seus participantes indica, de forma indiscutível, que houve vício na sua realização, sendo os tais atos comprados pelos corruptos e votados pelos corrompidos com se fossem mercadoria, ou seja, não houve o exercício da vontade livre que deve nortear os atos jurídicos e as votações na Câmara dos Deputados.
Ademais, para os que reclamam o duplo grau de jurisdição, por qual motivo criaram o foro privilegiado dele tentaram se valer? Talvez pensaram que não seriam julgados.
Agora as prisões brasileiras são consideradas depósitos gente. Será que nos próximos anos receberam mais verbas para melhorias, principalmente aqueles que acolherão Marcos Valério, José Dirceu, José Genuino e seus mensaleiros?

Atos Nulos

Sueli Maria de Souza (Contabilista)

E, agora? Qual será a situação jurídica de todos aqueles Atos Legislativos aprovados sob a pressão da compra de votos, inclusive Emenda Constitucional?

Dr. Cid m oura

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Não sei se o comentário foi em relação a minha pessoa e, se foi, tranquilize-se, porque a carapuça me serve mesmo, porquanto sempre fui (e continuo sendo) cético em relação a punição de políticos, que no Brasil de hoje e de antanho nunca foi uma realidade. Estamos falando, pelo menos por ora, em CONDENAÇÃO e não em PUNIÇÃO EFETIVA que, como sabe, só deverá se inciar com a PRISÃO dos condenados. Até lá,o que tenho debatido é a árdua tarefa,legítima e legal de alguns Ministros, que como todo o nosso povo, também foram lesados em relação aos criminosos em julgamento e até mesmo essa batalha dos bons Ministros contra os maus que ostensivamente se mostram 'ligados afetivamente' a bandidagem dos políticos que lá os colocaram para defendê-los se e quando necessário. Então, Dr.,assumo ser um cético e talvez até venha deixar de sê-lo, mas isso só depois de ver todos eles (os condenados),atrás das grades e pelo tempo determinado em suas sentenças (evidentemente respeitando, também, todas as benesses legais previstas na lei de regência -Execuções Penais-) Até que isso aconteça (e se acontecer)mantenho o meu ceticismo, sem o menor constrangimento. Sds.

eh curioso

Ciro C. (Outros)

ver varios profetas do apocalipse que juravam q tdo acabaria em pizza se curvando a evoluçao de maturidade de nossa justiça.

Positivo é julgar, condenar, divulgar

Antonio D. Guedes (Professor Universitário - Tributária)

Em uma democracia e em uma sociedade civilizada os cidadãos julgam seus mandatários quando os mandatos são descumpridos, pelo voto, pela opinião pública, pelas manifestações de rua (vide Argentina, Grécia, Espanha, Itália)e por seu Judiciário, aplicador de regras, tipificaçao e procedimentos também democraticamente legislados. Logo, extremamente saudável a divulgação simultânea do julgamento, mostrando ao povo a conduta de seus delegatários (os réus e os juízes)em aperfeiçoamento civilizatório, democrático e ético. Realmente se estranha que penas por crimes contra toda a nacionalidade sejam menores que as de crimes contra indivíduos, patrimônio privado e ilícitos individualistas, mas isso vem da lei e da tolerância abjeta que tínhamos com as "autoridades", na verdade nossos súditos.Lewandovisk é agastável e benevolente com os partidários de quem o nomeou (seria também com outros, por certo) e Barbosa é autoritário e impertinente até com seus próprios colegas, mas até aí a nação aprende. A grande novidade nem está nisso. Está em se punir agentes que, antes, passavam ao largo e ainda reclamavam danos morais, desagravos e homenagens, ante seus crimes;há muitos desses por aí, inclusive senadores que presidiram a república ou o partido da ditadura! Aliás, o "maior partido nacional"é um condomínio dos herdeiros bem aquinhoados da ditadura, chantageando os governos atuais e até agora escapando de qualquer represália, até da eleitoral. Sem que tomemos consciência politica de nossas más escolhas, continuaremos a ser analfabetos políticos, e o mais importante julgamento da história desses tristes trópicos não terá ensinado o suficiente!

Atos Nulos

Sueli Maria de Souza (Contabilista)

E, agora? Qual será a situação jurídica de todos aqueles Atos Legislativos aprovados sob a pressão da compra de votos, inclusive Emenda Constitucional?

Ministro patético

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

o Min. Lewando-wisk se tornou uma figura patética no plenário, sem dúvida de perfil inigualável em toda a história do STF . Mesmo tendo absolvido o 'malaco' petista e, portanto, sem direito a voto quanto a dosimetria deste celerado, se insurgiu contra a alteração da pauta imposta pelo relator,Min. Barbosa, sob o argumento de que 'os advogados de Dirceu' não estavam presentes'. Tal qual um 'estagiário' do escritório que defende J. Dirceu, preocupou-se com a presença dos seus representantes,(como se isso fosse indispensável)na hora de dosar a pena e como se já não houvesse uma 'intimação perene' para cada sessão que trata do mensalão, obviamente facultativa, dependendo do interesse dos causídicos em permanecerem 'calados' (que esse não é o momento para abrir a boca), ouvindo a aplicação das penas aos seus constituintes.Sem dúvida esse ministro passará para a história do JUDICIÁRIO como a mais patético e serviçal juiz, a favor de quem o nomeou, capaz , mesmo, de empreender a defesa dos bandidos petistas em julgamento, bastando somente trocar o TOGA pela BECA. Falta de caráter é o que lhe sobeja. Ridículo em todos os sentidos: como juiz; como homem; como cidadão e, agora, como lacaio petista assumido. Vergonha para o Judiciário brasileiro; vergonha perante o mundo.

desproporção

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

11 anos!!! Quanta decepção, uma atividade que joga milhões na miséria, mata gente causando falta de leitos em hospital, causando falta de ensino de qualidade, principal causa da criminalidade, causando falta de alimentos motivo de morte de milhares de brasileios. É com se esta curriola tivese assassinado todos estes brasileiros. Hospitais do grande porte do NE têm em média de 20 a 30 leitos em UTI Neo natal, por causa do desvio de dinheiro. Dois anos em regime fechado??? Um incentivo à criminalidade e um desânimo apra quem tenta combater o crime.

olha a guilhotina

Ricardo (Outros)

e vc entende o que disso? abaixo o sectarismo e o maniqueísmo. chame o povão pra defender ZD.

Wassermann

Robespierre (Outros)

..."desproporção odiosa entre a falta e o castigo"...

Comentar

Comentários encerrados em 20/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.