Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Centro de estudos

Cesa dá posse a presidente Carlos Roberto Mateucci

Por 

O advogado Carlos Roberto Fornes Mateucci é o novo presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa). Empossado na última terça-feira (27/3), em evento que lotou o auditório do hotel Renaissance, em São Paulo, Mateucci foi vice-presidente da entidade na última gestão e participa da associação desde a década de 1990.

O novo presidente, que entra no lugar de José Luis de Salles Freire, citou como medidas a serem implementadas, a eleição de um tema a ser tratado por ano, “para que o Cesa mostre à sociedade, ao fim desse ano, tudo o que acumulou e entende sobre determinado assunto”. Para 2012, o tema escolhido foi “a competição na advocacia e seus efeitos”.

Mateucci é presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil desde 2007. Sócio do escritório Yarshell, Mateucci e Camargo, o advogado é especialista em Direito Coletivo e Difuso pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Emocionado, o novo presidente disse abraçar a todos os presentes “como um irmão”.

Seu objetivo no novo posto, ele diz que é “mostrar a voz do Cesa e trabalhar com a missão de buscar exercício da advocacia com qualidade ética”. O presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, que compôs a mesa do evento, disse estar muito satisfeito de ver Mateucci ocupando a presidência do Cesa. “Hoje eu durmo sossegado, sabendo que a entidade está em boas mãos”, disse D’Urso.

Aproveitando o momento para colocar-se sobre as eleições da OAB-SP, cujas candidaturas se desenham, o presidente da entidade disse que é preciso que os escritórios brasileiros continuem travando a batalha contra a entrada dos escritórios estrangeiros no país. “Isso não tem nada a ver com xenofobismos”, disse D’Urso, fazendo referência a entrevista publicada pela ConJur com o pré-candidato à chefia da OAB-SP Alberto Zacharias Toron. “Defender mercado de trabalho dos brasileiros é uma bandeira da OAB”, disse o atual presidente da seccional.

No evento, o secretário-geral do Conselho Federal da OAB Marcus Vinícius Furtado Coelho, foi convidado a falar sobre a inviolabilidade dos escritórios de advocacia, discursando sobre a necessidade de se lutar pelas prerrogativas dos advogados. “Estamos em um país em que, às vezes, uma portaria vale mais do que a Constituição Federal, por isso devemos ter leis cada vez mais explicativas para tornar inviolável os escritórios e os direitos dos advogados.”

Na mesa do evento, além de Mateucci, Salles Freire, D’Urso e Coelho, estavam o fundador do Cesa e conselheiro permanente da associação Orlando Di Giacomo Filho; o presidente do conselho diretor da entidade, Antonio Correia Meyer; o vice-presidente do Cesa, Carlos José Santos da Silva, o Cajé; o vice-presidente da OAB-SP, Marcos da Costa; a diretora financeira administrativa do Cesa, Moira Virginia Huggard-Caine; e o presidente da International Bar Association (IBA), Michael Reynolds. Também marcaram presença a presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo, Ivete Senise Ferreira; o presidente do Sindicato das Sociedades de Advogados dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, Geraldo Baraldi; o Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Guilherme Batochio; e o criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira.

No coquetel servido aos associados, foram distribuídos exemplares do  Anuário da Justiça Brasil 2011, editado pela revista Consultor Jurídico, elogiada no discurso de D'Urso pelos serviços prestados à advocacia.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2012, 18h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/04/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.