Consultor Jurídico

Notícias

Tiro privilegiado

Lei que permite assassinatos causa revolta nos EUA

Comentários de leitores

15 comentários

Mudo mesmo !

amorim tupy (Engenheiro)

Mudo mesmo . e com toda certeza estarei mais seguro La do aqui onde se aceita a tese de tiro acidental de assaltante.
"eu so ia assaltar dotor mas a vitima reagiu e saiu o tiro acidental"
"Eu so queria o dinheiro dotor , mas a vitima não entregou, começo a gritar e tentou fugir e fui obrigado a atirar"
Ai vem as autoridades. Não reaja , não faça cara feia para o ladrão, entregue tudo com um sorriso.

Liberdade?

Fontes Mendes (Bacharel - Tributária)

É esse o país que vocês (muitos brasileiros e tantos do resto do mundo) admiram? Que julgam democrático?
A lei privilegia a patrimônio como um bem superior à vida, defendendo o capital, sob uma mera "presunção" de que será atingido, vale mais que um ser humano e esse país ainda se julga desenvolvido?
Realmente, uma encomenda muito bem feita pela industria armamentista - a que mais lucra entre todas! Vale, inclusive, promover a morte de inocentes desde que tragam bastante lucra vendendo armas....
E a Suprema Corte de lá aceitando tudo tranquilamente, andando bem segundo o roteiro que foi passado; jurisdição constitucional, cadê? Uma lei vale mais que o direito a vida?
E ainda tem gente aqui que vê a Justiça de lá como referência...
Anti-americanismo não é moda, é auto-explicável

Um homicídio doloso.

André Graeff Riczaneck (Prestador de Serviço)

Sem conhecer a legislação norte-americana e sua aplicação efetiva diante de um contexto social marcado por estigmas como o racismo e talvez outros(piores)que também desconheçamos, digo que o agente praticou um homicídio doloso, reconhecido como tal em primeiro lugar diante dos próprios fatos comprovados, o que leva à condenação independentemente da existência de uma formulação legal descritiva de uma espécie de "legítima defesa". E digo que isso vale (como fato) em qualquer lugar do planeta. Senão vejamos: A situação que inocentaria o agente do crime seria aquela descrita (dentro do contexto cultural que inspira a legítima defesa)por José Hernandez, pelo seu personagem Martin Fierro: "Las armas son necesarias pero naides sabe cuando. Ansina se andés paseando y a la noche, sobretodo, debes llevarlas de modo que al salir, salgan cortando..."
É assim que se poderia narrar este excludente de antijuridicidade...Mas, "in casu", volto ao contexto jurídico Norte-americano para sugerir a apreciação dos fatos à luz de legislação que previna a Pena de Morte...Não sei se existe na Flórida, mas na minha franciscana opinião, seria merecidamente aplicada ao agente.
André Graeff Riczaneck
OAB-RS 52394

muda mesmo tupy

groucho (Outros)

vai lá sêo amorim, só não esquece que, a julgar pela tua procedência, é bem capaz de tu já entrar na flórida como suspeito.
então já sabe, sempre peça licença ao caminhar na calçada, vai quer tu pisa inadvertidamente no quintal alheio....

Nem tudo que vem de lá é ruim

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Nem tudo o que vem de lá é ruim. Mas já faz algum tempo que não tem vindo coisa boa.
Ao último comentarista, que vá mas tome cuidado para que outra pessoa não se antecipe e venha a se arrepender de ceifar a sua vida em razão de suposta ameaça.

To mudando pra la.

amorim tupy (Engenheiro)

Ja estou querendo mudar para La.
Reaja sim , Na duvida Mate- não morra.
Matando podemos nos arrepender, converter, dar palestras , escrever livros , convencer juizes , promotores, jurados e papapa.
Morrendo é caixão e vela preta. morrendo é sheol

To mudando pra la.

amorim tupy (Engenheiro)

Ja estou querendo mudar para La.
Reaja sim , Na duvida Mate- não morra.
Matando podemos nos arrepender, converter, dar palestras , escrever livros , convencer juizes , promotores, jurados e papapa.
Morrendo é caixão e vela preta. morrendo é sheol

Antiamericanismo.

Diogo Duarte Valverde (Advogado Associado a Escritório)

Ao mesmo tempo que a lei deve ser revogada, é um exagero incidir no antiamericanismo próprio da filosofia terceiro-mundista. É necessário ter a prudência de dizer "não" às coisas ruins sem generalizar. Afinal, foi essa mesma cultura jurídica americana que inovou em matéria de devido processo legal e controle constitucional. Da mesma forma que é errado não reconhecer qualidades do direito brasileiro, é errado ignorar tudo que o direito americano tem de bom.

Eles são superiores !!!

MSRibeiro (Administrador)

E ainda tem gente que valoriza essa cultura !!! Como podemos valorizar uma cultura jurídica que permite a adoção de tal leis ? Os americanos e europeus criam as leis mais racistas, segragacionistas e se valem do tradicionalismo de suas instituições para promover e legitimar (em favor deles, é claro !)a violência e a desigualdade em todo o mundo. Nossas escolas acham tão bonito e tão elevada a sapiência jurídica vinda do dito "Primeiro Mundo". Creio que aqueles que amam tanto esta filosofia, talvez se vivessem lá, votariam nessa lei de autoria do clã dos Bush !!!

SE FOSSE BRANCO TERIA SIDO ASSASSINADO?

Enos (Advogado Autônomo - Civil)

Se o jovem rapaz assassinado fosse branco teria tido o mesmo destino, ou só foi assassindo por ser negro? Não seria o assassino um "nazista"?

Homicídio Legal??????

Sargento Brasil (Policial Militar)

Eu cheguei até pensar que se tratava de um país desenvolvido, mas, depois de ler o artigo...Matar alguém desarmado, só por ser supostamente ''suspeito''!!!! ainda amparado por lei, faço uma pergunta: O que consideram como crime naquele país? É muito difícil!

Retroatividade?

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Mais uma pérola do clã Bush que produziu além da referida Stand Your Ground Law o famigerado Patriot Act. Ainda que a indústria armamentista possa influenciar a política de maneira legítima num regime democrático, o lobby da NRA pela aprovação desse desastre é inconsequente. Os fascínoras que trabalham por isso que fiquem cientes de que os efeitos produzidos pelo ambiente criado por essa lei poderão se voltar contra eles, afinal a alma humana é uma vastidão de inseguranças e paranóias que fazem uma pessoa sentir-se ameaçada.
O caso concreto, apesar de trágico, é menos importante que a revogação dessa lei. Se há retroatividade em prejuízo do réu nessas terras é outra questão.

é a vontade de muitos por aqui

SCP (Outros)

Muitos aqui no Brasil desejam uma lei dessas para terminar de exterminar a pobreza. Afinal a violência está em alta né? Rs.... Como sempre, só pobre vai preso.

é a vontade de muitos por aqui

SCP (Outros)

Muitos aqui no Brasil desejam uma lei dessas para terminar de exterminar a pobreza. Afinal a violência está em alta né? Rs.... Como sempre, só pobre vai preso.

Que lei maluca.

Diogo Duarte Valverde (Advogado Associado a Escritório)

Até a Castle Doctrine, tudo bem, é possível justificar, mas isso já é legalizar o homicídio. A lei tem de ser revogada.

Comentar

Comentários encerrados em 29/03/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.