Consultor Jurídico

Colunas

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ranking de Notícias

Veja o que foi destaque na ConJur na semana

Por 

Entre as notícias que tiveram destaque durante a última semana está a determinação do Supremo Tribunal Federal, do dia 14 de março, em que foram julgadas procedentes duas ações diretas de inconstitucionalidade que contestavam a inexistência de Defensoria Pública em Santa Catarina, o único estado da Federação que ainda resiste em implantar o modelo estabelecido pela Constituição. Com isso, o Estado será obrigado a instalar sua Defensoria em um prazo de até doze meses a partir da data do julgamento. Clique aqui para ler mais na ConJur.


Outro destaque foi a afirmação da juíza Ana Paula Vieira de Carvalho, da 6ª Vara Federal Criminal do Rio, que reconheceu o recebimento de propinas pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça, Paulo Medina, e pelo desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, José Eduardo Carreira Alvim, ambos aposentados compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça. A juíza chegou a essa conclusão após condenar 23 réus no principal processo da Operação Furacão, realizada em abril de 2007. Clique aqui para ler mais sobre o assunto, em notícia da Consultor Jurídico.


Também na ConJur: quatro advogados foram condenados por litigância de má-fé e tiveram seus nomes encaminhados à OAB-SP, por acusação de fazer parte da chamada indústria do dano moral. De acordo com sentença da 7ª Vara Cível do Fórum de Santo Amaro, na capital, os quatro foram responsáveis, juntos, por mais de mil ações idênticas de danos morais contra bancos ao longo de um ano. De acordo com a sentença, os advogados Mauro Bechara Zagari, Daniela Dalla Torre Martins, Juliana Dalla Torre Martins e Maria Angélica Pongilluppi Herbst conseguiam, por meio de terceiros, "clientes" com nomes inscritos em listas como Serasa, SPC e outras. Clique aqui para ler mais na ConJur.


As ações idênticas que as franquias ajuizaram contra os Correios também foram destaque na Consultor Jurídico. As ações foram geradas pelo impasse na licitação de 800 agências franqueadas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Com os pedidos idênticos, espalhados pelo país, os impetrantes querem, via liminar, a suspensão da licitação em nível nacional. Clique aqui para ler mais na ConJur.


ESPECIAL

"A ideia de que a Justiça do Trabalho tende a ser mais favorável ao empregado do que ao empregador é equivocada. A Justiça do Trabalho está a favor do cumprimento da lei." É a afirmação que faz a presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região, juíza Áurea Regina de Souza Sampaio. Em entrevista, a juíza garante que as leis são pró-direito do trabalho, não privilegiando nenhuma parte. Leia a entrevista publicada na ConJur.


Medição do Google Analytics aponta que a ConJur recebeu aproximadamente 327,3 mil visitas e 780,1 mil visualizações de página. A terça-feira (13/3) foi o dia mais acessado, com 68,3 mil visitas. A notícia mais lida, com 11,3 mil acessos, foi a da juíza que condenou advogados que ajuizaram mil ações iguais, já colocada em destaque nesta seção. Clique aqui para ler matéria na ConJur.

A segunda notícia mais lida, com 7 mil acessos, foi a matéria, que também entrou em destaque na Consultor Jurídico, foi da juíza Ana Paula Vieira de Carvalho, que reconheceu recebimento de propina de ministro do STF e de desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Clique aqui para ler matéria na ConJur.


AS 10 MAIS LIDAS
Juíza condena advogados que ajuizaram mil ações iguais
Juíza diz que ministro e desembargador se corromperam
Supremo determina que Santa Catarina crie Defensoria
Tribunal não pode exigir petição para acesso aos autos
Spread poderá ser usado para construir prédio do TJ-SP
Tribunal Penal Internacional dá o seu primeiro veredicto
É da Serasa decisão de negativar devedores do Fisco
Juíza condena e manda prender réus na Operação Furacão
Disparo de alarme em loja gera indenização de R$ 10
STF julga a mais antiga ação em tramitação na corte


AS MANCHETES DA SEMANA
Corte europeia aceita restrições em adoção por gays
Irregularidades derrubam Comissão de Orçamento do TJ-SP
STF julga a mais antiga ação em tramitação na corte
Justiça bloqueia R$ 44 milhões de viações paulistas
CNJ debate dificuldade de tribunais contratar bancos
Supremo determina que Santa Catarina crie Defensoria
Vítima é condenada por mentir para defender o marido
Tribunal Penal Internacional dá o seu primeiro veredicto
Degradação ambiental não deve ser combatida com tributação
Juíza diz que ministro e desembargador se corromperam
Juíza condena advogados que ajuizaram mil ações iguais
Franquias ajuízam 48 ações idênticas contra Correios
"Justiça do Trabalho está a favor do cumprimento da lei"
Justiça Federal do Sul do país já vive era digital

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 17 de março de 2012, 8h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/03/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.