Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Aposentadoria compulsória

“Estou de férias, graças a Deus”, diz desembargador

Foi a falta de tempo que fez o desembargador Luiz Zarpelon, do Tribunal de Justiça do Paraná, devolver os autos de um processo para nova distribuição. Não que seu gabinete transborde de ações. Em despacho, o desembargador afirmou que está “de férias, graças a Deus!”, e que depois se aposenta. Logo, “não haverá tempo para mais nada”.

O despacho é do dia 12 de março e Foi emitido quando Zarpelon recebeu uma Apelação Criminal para relatar. Ele completou 70 anos na quinta-feira (15/3), e por isso teve de deixar a corte, onde é desembargador desde 2004.

Na íntegra, o despacho diz: “estou de férias, graças a Deus! Na sequência irei me aposentar. Não haverá tempo para mais nada. Diante disto, devolvo os autos para nova distribuição”. Abaixo, o despacho como foi publicado no site do TJ-PR:

Revista Consultor Jurídico, 16 de março de 2012, 17h22

Comentários de leitores

7 comentários

Já está bom...

Rick01 (Outros)

Qual o problema do Desembargador agradecer ao fato de que vai entrar de férias??
Daqui a pouco vão colocar a notícia: "Servidor tosse enquanto estava trabalhando".

Qual a notícia

mat (Outros)

Alguém se regozijar por estar de férias se tornou notícia. Não existe empresa, ou mesmo escola, em que este inocente comentário não seja proferido. Quem já não o fez. Alguma razão tem o presidente do TJSP quando diz de uma campanha da imprensa paulista contra o judiciário.

Um DESABAFO, só isso!

MV70 (Advogado Autônomo - Civil)

Não sou juiz e nem funcionário público, mas acredito que a magistratura é mais que um cargo, é um sacerdócio tal como advocacia e outras tantas profissões. E pelo sacerdócio que é, ser juiz função nobre que exige muitos sacrifícios pessoais, lidar com frustrações e perdas etc Agora se ele DESABAFOU PARABÉNS ! Não deve ser alvo de criticas pela notoriedade da notícia, mas de admiração por demonstrar sobretudo seu lado humano.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 24/03/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.