Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Defesa do Consumidor

OAB-SP propõe criação de Fundação Procon municipal

A Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo propôs, nesta quinta-feira (15/3), a criação de um Procon municipal na capital paulista. A entidade aproveita o dia mundial do consumidor para sugerir a descentralização do órgão. A ideia é que o novo Procon funcione nos mesmos moldes da organização estadual.

Segundo o presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, o Procon municipal será mais um instrumento de representação do consumidor insatisfeito. Para ele, "certamente" um novo órgão de âmbito municipal "ampliaria e agilizaria o atendimento prestado atualmente pela Fundação Procon, com a possibilidade de cobrir 100% das demandas".

José Eduardo Tavolieri, presidente da Comissão de Direito e Relações de Consumo da OAB paulista, explica que, por mais que o Procon preste um serviço "de relevância" e com "nível de excelência", tem um território de abrangência muito grande. Isso dificulta a atuação do órgão. "Só a cidade de São Paulo tem 11 milhões de habitantes e densidade demográfica de 7.383 habitantes por km², que realizam milhões de aquisições de bens e serviços. Certamente, um Procon municipal ampliaria os instrumentos de proteção às relações do consumo para a população da capital", anota. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB-SP.

Clique aqui para ler o projeto de criação do Procon municipal.

Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2012, 16h12

Comentários de leitores

2 comentários

Acomodar a "cumpanherada"

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Mais e mais cargos públicos. Só se fala nisso, só se pensa nisso, enquanto a economia do País permanece estagnada devido à absurda carga tributária necessária a sustentar tudo isso.

Campanha eleitoral

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

D'Urso já está firme na campanha pela Prefeitura de São Paulo. Até já propõe a criação de novos cargos a serem distribuídos em favor de quem o apoiar, mais uma vez usando a OAB para suas pretensões pessoais.

Comentários encerrados em 23/03/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.