Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ranking de Notícias

Entrevista com sócios do Machado, Meyer foi destaque

A entrevista concedida pelos advogados Antonio Corrêa Meyer, Moshe Sendacz e José Roberto Opice à revista Consultor Jurídico foi o destaque da semana. O escritório a qual pertencem os três sócios falaram sobre o passado, o presente e o futuro dos grandes escritórios de advocacia, que deixaram de ter uma relação pessoal com os clientes e passaram a ter estrutura de empresa, necessária para competir em um pujante mercado. Clique aqui para ler.

Execução bilionária
Também repercutiu a audiência pública feita pelo Conselho Nacional de Justiça para discutir se é legítima a cessão de procuradores e advogados públicos para trabalhar em gabinetes de juízes. O debate foi entremeado pela polêmica execução fiscal de R$ 35 bilhões que a mineradora Vale contesta na Justiça Federal do Rio de Janeiro. Isso porque Patrícia Seixas, única procuradora da Fazenda Nacional cedida ao tribunal, atuou no processo tanto em favor do Fisco quanto como assessora do relator de um dos recursos. Clique aqui para ler.

Investigação da beca
A discussão entre o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante Junior, e o conselheiro federal Carlos Roberto Siqueira Castro em uma sessão da OAB acabou em sindicância para investigar duas das muitas acusações que o conselheiro fez. O bate-boca se deu depois que Cavalcante pediu explicações a Siqueira sobre sua afirmação, em entrevista à ConJur, de que “se o Tribunal de Contas da União fizesse um exame das contas da diretoria do Conselho Federal, talvez essas contas não passassem sob o crivo mais elementar da contabilidade pública”. Clique aqui para ler.


ESPECIAIS
EUA e liberdade religiosa
A primeira coluna do advogado da União Otavio Luiz Rodrigues Junior, institulada Direito Comparado, tratou do tema “Histórico precedente nos EUA sobre liberdade religiosa” e comentou decisão judicial em favor da Igreja e Escola Evangélica Luterana Hosanna-Tabor. A instituição demitiu uma professora que, após ter adquirido um grave distúrbio de sono, se envolveu em graves acidentes. Ela, então, entrou na Justiça alegando discriminação, mas, após dois recursos, teve sua demanda rejeitada pela Suprema Corte, que entendeu que o Estado não poderia intervir em assuntos religiosos. Clique aqui para ler.

Parcialidade trabalhista
Em artigo, o advogado Juliano Ryzewski acusa um “abismo de incertezas” na Justiça do Trabalho e enumera decisões contrárias ao ordenamento jurídico. Ele mesmo explica o porquê de tal situação. “Isso vem ocorrendo porque a Consolidação das Leis do Trabalho e as próprias decisões do Tribunal Superior do Trabalho dão todo o respaldo para que os juízes decidam os processos conforme seu livre entendimento”, afirmou. Clique aqui para ler.


AS MAIS LIDAS
Medição do Google Analytics aponta que a ConJur recebeu 370,9 mil visitas e teve 889,5 mil visualizações de página na semana compreendida entre 15 e 21 de junho. A segunda-feira (18/6) foi o dia com mais acessos, quando o portal recebeu 67,9 mil visitas. A reportagem mais lida, desconsiderando a entrevista com os advogados do Machado, Meyer, Sendacz e Opice, destaque de semana, foi a do diretor de redação Márcio Chaer, com 5,4 mil visitas. Em “Revista mostra como se desfaz reportagem para atacar”, Chaer disseca reportagem da revista CartaCapital que fez uma série de denúncias contra o ministro do STF Gilmar Mendes no comando do Instituto Brasiliense de Direito Público, e ainda traça uma pequena biografia do autor do texto, o repórter Leandro Fortes. Clique aqui para ler.

A terceira reportagem mais lida foi a do repórter Pedro Canário “STJ manda ofício para OAB apurar atuação de conselheiro", com 4 mil acessos. O Superior Tribunal de Justiça solicitou à OAB que apure “eventuais irregularidades” na atuação do advogado carioca Carlos Roberto Siqueira Castro, um dos 81 conselheiros federais da autarquia. O pedido foi motivado pela expropriação do terreno do Aeroporto Internacional do Rio, o Galeão, caso em que Castro atuou entre 2004 e 2010. Clique aqui para ler.


AS 10 MAIS LIDAS
"Sem socializar lucros, grandes bancas não sobrevivem"
Revista mostra como se desfaz reportagem para atacar
STJ manda ofício para OAB apurar atuação de conselheiro
Bate-boca no Conselho Federal da OAB vira sindicância
Proposta quer Senado como instância recursal
Neto perde ação por danos morais contra desafeto
TRF-1 decide que escutas do caso Cachoeira são legais
PEC 37 — A Emenda da Insensatez e os pés de Curupira
Liminar impede votação de processo contra Demóstenes
STF mantém condenação do jornalista Leandro Fortes


AS MANCHETES DA SEMANA
Supremo fixará código de conduta para MP investigar
STJ admite recurso de Odebrecht contra Gradin em disputa
Caso Vale dá o tom em audiência sobre cessão de procuradores
TJ-SP rejeita, pela terceira vez, lista do MP para o quinto
CNJ fixará desconto automático de salário de grevistas
Defensores vão a audiência sobre procuradores em tribunais
TRF-1 decide que escutas do caso Cachoeira são legais
"Escritórios não sobreviverão sem socializar ganhos"
Câmara aprova redução de PIS e Cofins de escritórios
Procuradora cedida a tribunal é pivô de briga no CNJ
Digitalização paralisa 10,5 mil processos no TRF-5
Demóstenes Torres entra com novo pedido no Supremo
STF nega suspensão de processo contra Demóstenes
Advogados não precisam numerar folhas em atos no TRT-2
Demóstenes pede ao STF suspensão de processo no Senado

Revista Consultor Jurídico, 23 de junho de 2012, 5h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.