Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desvio de recursos

Comissão vai investigar fraude do Cruzeiro do Sul

O Banco Central do Brasil criou, nesta segunda-feira (18/6), uma comissão de inquérito, composta por cinco funcionários, para investigar a fraude provocada no caixa do Banco Cruzeiro do Sul, estimada em R$ 1,3 bilhão. O desvio levou o BC a decretar, no último dia 4 de junho, intervenção no Grupo Cruzeiro do Sul e colocá-lo sob Regime de Administração Especial Temporária (Raet).

Com o afastamento da família Índio da Costa do controle do banco carioca, a gestão passou a ser feita pelo Fundo Garantidor de Crédito, como forma de proteger os depósitos dos clientes.

O BC deu prazo de 120 dias para seus funcionários relatarem tudo o que ocorreu. A comissão é formada por Clóvis Vidal Poleto (presidente), Augustin Daihyun Shim e Amadeu João Caparroz (relatores), Alan Brito Canal e Maria Aparecida Pereira (secretários). Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 18 de junho de 2012, 22h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/06/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.