Consultor Jurídico

Comentários de leitores

9 comentários

Legalize It!

Ricard Melo (Outros)

"The prestige of government has undoubtedly been lowered considerably by the prohibition law. For nothing is more destructive of respect for the government and the law of the land than passing laws which cannot be enforced. It is an open secret that the dangerous increase of crime in this country is closely connected with this."
- Albert Einstein quote on Hemp

Descriminalizar

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Concordo com o Ribas do Rio Pardo (Delegado de Polícia Estadual). Cada um deve ser livre para cheirar ou injetar na veia o que quiser, mas isso não significa que eu como contribuinte deva pagar seu tratamento. Nenhum dos mecanismos de repressão ao consumo de drogas funcionou até hoje. Mesmo nos países de primeiro mundo, com polícias verdadeiras e leis que são cumpridas, o tráfico e ou consumo jamais foi controlado ou diminuído. Encontra-se maconha e cocaína em qual rua de Paris, Nova Iorque ou Tóquio, e devemos ser inocentes em acreditar que aqui no Brasil, sem polícias e com um Judiciário que nada tem a ver com os anseios e necessidades da nação vá resolver o problema de uma vez. Creio que o consumo de drogas deva ser sim deixar de ser crime, transformando-se em infração disciplinar. Se o sujeito é usuário de drogas, assumidamente, deve ter sua alíquota do imposto de renda elevada, bem como arcar com outros ônus. Se há uma disputa de vaga em um concurso, deve-se dar preferência ao não usuário. Se há muitos processos judiciais em atraso em uma vara judicial, os dos não usuários deve ser julgado primeiro, e assim por diante, lembrando que o viciado em drogas é um doente que precisa de tratamento e assistência, mas quando usou a droga pela primeira ver não era viciado, e optou em consumir a substância para seu deleite pessoal, mesmo sabendo que seu prazer movimenta toda uma indústria criminosa, assassinatos, corrupção, e tantos outros crimes.

Contra descriminalização

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

O dependente quimico não deve ser preso, pois trata-se de um caso de saúde pública, contrário do usuário, pois trata-se de um caso de desrespeito à lei. Num páis democrático acredito que a vontade da maioria deva prevalecer. Ao invés de embates ideológicos, deveríamos realizar um plebiscito. Se for a vontade da maioria as drogas devem ser descriminalizadas e liberadas. É claro que o usuário não poderá ser policial, médico cirurgião, piloto de avião, mas deverá usufruir de seu direito natural de consumir o que desejar. Deverá, também, contribuir com percentual maior para o SUS e para a Previdência, já que não somos obrigados e sustentar o vicio de terceiros, ainda que indiretamente e, devíamos aproveitar e ampliar tais medidas restritivas ás drogas já liberadas, como o tabaco e o alccol.

Entender é importante

CHORBA (Bancário)

Senhores!
Estes Juízes e Promotores estão contra a liberação.
Vejam:
.
Descriminalização significa:
Ato ou efeito de descriminalizar, de não tratar como crime ou como criminoso.
.
Ou seja: Estão contra a liberação das drogas

Crítica positiva!

Pek Cop (Outros)

Tais criticas de Juízes e Promotores deveriam ser levadas a serio pelos que são a favor da descriminalização!, não podemos deixar de analisar que o crime organizado tomou conta do tráfico em S.P. (PCC)se algum traficante de fora tentar vender seus contratinhos de entorpecente não sendo da facção criminosa em pauta morre e pronto! Então é lógico comentar que esta lei absurda só vem a fortalecer o crime organizado, sem falar na destruição de famílias que a Justiça estará indiretamente contribuindo para que isto aconteça...as leis de drogas tem que ser aumentadas e severamente combatidas para não pagarmos um preço bem caro no futuro do país, futuro este que são nossos filhos e descendentes!

Por que nao te calas?

Ricardo (Outros)

A opinião equilibrada de Van Gogh. Como fala bobagem, eita!

É pior do que eu pensava!

Nadir Mazloum (Advogado Associado a Escritório)

A "densidade jurídica" dos comentários do Dr.Marcos Alves Pintar é de deixar juristas do mais alto calibre com inveja.
É impressionante.O ódio que emerge dos comentários dele alcança níveis alarmantes.Ele simplesmente generaliza e acusa levianamente TODOS os membros do MP e do Judiciário, simplesmente porque lhe dá algum tipo de prazer.Parece até uma espécie de compensação psicológica da frustração que ele sente.Resta saber de onde vem essa frustração.

Menos poder

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Claro que não estão. A descriminalização vai lhes retirar o poder de processar e prender seus desafetos, e só por isso são contra.

Como ser a favor do que destroi a vontade em nossos jovens?

Balboa (Advogado Autônomo)

A necessidade de um motivador, seja ele qual for, é indicativo de insatisfação. Mais fácil do que olhar para dentro e observar o que nos incomoda e aflige, é pegar um copo de uisque, um baseado, ou mesmo um calmante tarja preta e relaxar. Esse ralaxamento nada mais é do que distração, talvez daquilo a que não coseguiremos escapar. Esse encontro é invevitável e mais cedo ou mais tarde estaremos cara a cara com o que no visita, ou mesmo mora dentro de nós. Hoje sou contra qualquer droga, tendo em vista a tragédia que testemunhamos mundo afora. Triste existir tanta dor, solidão e o conforto ilusório das drogas. Melhor seria conhecermos melhor aquilo que nos incomoda a alma.

Comentar

Comentários encerrados em 14/06/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.